Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 20 de Julho de 2019

Espiritualidade e religião

Você diz que tem fé? e quando as coisas apertam para o seu lado?

Ernesto Eugênio
Foto: Divulgação / Assessoria fejpg.jpg

Todos nós em maioria no mundo temos uma crença, seja lá qual for à religião, até mesmo o incrédulo, o ateu acredita em algo superior, no fundo no fundo isso acontece e não precisa ser um estudioso para afirmar essa máxima. Eu costumo ver igrejas e templos evangélicos lotados, denominações mais comuns no Brasil e parece que todo mundo é um “anjo” bonzinho naquele momento de demonstração de fé e lá se vão pedidos e mais pedidos e promessas de melhorar com a esposa, com o esposo, com os filhos e amigos aquele comportamento que dói na consciência e deixa um vazio enorme.
 
Já me deparei com casais e amigos da “fé” que quando determinadas situações a desarmonia no lar tomou conta, por inúmeros motivos, sendo o mais comum as dificuldades financeiras e nenhum momento houve o comprometimento de buscar o entendimento e a conversa entre os filhos de Deus, sim porque somos imagem e semelhança do criador e ele nunca nos abandona, sim a fé que temos muitas vezes  e menor que uma grão de areia ou de mostarda que a gente só conhece na embalagem amarela nos supermercados.
 
A coisa tá preta, a crise chegou, o filho pequeno não para de chorar, a esposa estressada, descabelada branca igual papel porque não sai de casa, o marido querendo trabalhar e não pode se concentrar, cenas de altíssimos decibéis como o berro do pequerrucho, reclamação atrás de reclamação, a gente nem pensa em Deus, somos falhos e tentados 24 horas por dia, somente uma postura firme seja do chefe de família ou da  mulher abençoada para sair do peito aquele grito de calma lá, vamos conversar, estamos trabalhando, temos casa, roupa comida, somos ricos e abençoados é essa fase vai passar, sim é isso meus irmãos começa por ai. Fé em Deus e pé na estrada mesmo que essa fé seja minúscula em caixa baixa, mas já um começo que agrada o cósmico e o universo conspirar a nosso favor.
 
Relaxe, não leve a vida tão a serio, faça o dever de casa, ria, abra as janelas da casa e sinta o calor dos raios solares invadindo sua alma, e pense essa energia que recebo é natureza pura, respire fundo e pense consigo mesmo, “Eu sou o que sou, filho (a) de Deus perfeito e harmonioso com suas criações. Só de estar no planeta Terra já sou vitorioso  e contemplado pelo plano superior.
 
Sim, tudo passa e depois da tempestade vem a bonança.
 
Ernesto Eugênio.

Deixe seu Comentário