Campo Grande/MS, 15 de Dezembro de 2018

Campo Grande

Veterinário Francisco enaltece a colaboração dos “irmãos paraguaios”

Redação TerereNews
Foto:

A mesma linha internacional que separa o Brasil do Paraguai também une dois povos irmãos, conforme definição do líder da bancada do PSB na Câmara Municipal de Campo Grande, Veterinário Francisco Gonçalves de Carvalho, durante as comemorações alusivas ao Dia do Povo Paraguaio. A data foi registrada em sessão solene realizada quarta-feira (29) à noite. Veterinário homenageou um músico e um engenheiro civil.

Os homenageados

Tomas Roa Alvarez - Natural da cidade de Concepcion (PY), começou a tocar em 1968 na cidade de Pedro Juan Caballero, integrou vários grupos com ênfase no Los Tammis, onde se destacou como contrabaixista, gravando cinco LPs de músicas paraguaias e latinas.  Em 1985 mudou-se para a cidade de Campo Grande, passando a fazer parte da Banda Los Masters, onde gravou três LPs.  Atualmente é baixista do grupo Sarandi Pantaneiro da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, com participação em mais de 3.000 shows e bailes. Amante da cultura brasileira executa músicas latinas e sul-mato- grossense em vários grupos como Alma Latina, Los Divinos etc. Também participa também de festivais como o Chamamé em Corrientes-Argentina.

Ricardo Jose Zelada Cafure – Que foi representado pelo filho Matheus Zelada, é formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS. É fluente em Português, Espanhol e Guarani. 

Foi presidente da Associação Colônia Paraguaia no biênio 1996-1997, 2007-2008 e 2009-2010. Foi coordenador do Ponto de Cultura Colônia Paraguaia, firmando convênio para manter as tradições da cultura paraguaia, sendo oferecidas aulas de guarani e espanhol, harpa e violão, dança folclórica paraguaia e danças regionais. Atualmente é diretor cultural da entidade. 

 

Assessoria de Imprensa do Vereador

Fonte: Câmara Municipal de Campo Grande/MS

Deixe seu Comentário