Campo Grande/MS, 18 de Outubro de 2018

Campo Grande

Vereadores aprovam dois Projetos, rejeitam dois Vetos e mantêm três Vetos do Executivo

Redação TerereNews
Foto: vetos vetos
vetos

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram dois Projetos na sessão ordinária desta quinta-feira (22), rejeitaram dois Vetos do Poder Executivo e mantiveram vetadas outras três propostas, todos em única discussão e votação. 

Foi rejeitado o Veto Total ao Projeto de Lei Complementar n. 520/17, que dispõe sobre a obrigatoriedade da utilização de madeira legalizada em Campo Grande. A proposta é de autoria do vereador Ayrton Araújo do PT.

Também foi rejeitado o Veto Total do Executivo ao Projeto de Lei n. 8.512/17, do vereador Delegado Wellington, que autoriza a Prefeitura a criar o Fundo Municipal para Adequação Urbana de Acessibilidade em Campo Grande.

Em Plenário, os parlamentares mantiveram o Veto ao Projeto de Lei n. 8.539/17, que estimula a agricultura urbana na Capital. O projeto é de autoria dos vereadores Ademir Santana, Prof. João Rocha, Dr. Lívio e Eduardo Romero.

Também foi mantido o Veto ao Projeto de Lei n. 8.542/17, dos vereadores Fritz e João César Mattogrosso, que autoriza o Executivo a regulamentar a profissão de condutor de ambulância na Capital.

Por fim, foi rejeitado o Veto ao Projeto de Lei n. 8.618/17, que institui o Programa de Prevenção e Combate ao 2º Abandono em Campo Grande. O projeto é de autoria dos vereadores Júnior Longo e Dr. Wilson Sami.

Regime de urgência

Em regime de urgência os parlamentares aprovaram ainda, em turno único de discussão, o Projeto de Decreto Legislativo n° 1.794/17, de autoria dos vereadores William Maksoud e Otávio Trad, que concede o Título de "Visitante Ilustre" da cidade de Campo Grande ao governador do Distrito 4470 do Rotary International, gestão 2017/2018, Vlademir Marangoni Filho e a sua esposa, embaixatriz Juliana de Brito Aires Marangoni, e dá outras providências.

 

Ainda em regime de urgência foi aprovado o Projeto de Lei Complementar n° 529/17, de autoria do vereador Dr. Loester, que acrescenta o artigo 254-A, e parágrafo único, no capítulo XXXI, da Lei n. 1.866, de 26 de dezembro de 1.979, que institui o Código de Obras do município de Campo Grande-MS e dá outras providências.

Paulline Carrilho

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

 

Deixe seu Comentário