Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 21 de Agosto de 2019

Esportes

Veja tudo o que aconteceu no UFC 237 que aconteceu neste sábado no RJ

UFC
Foto: UFC Jéssica Andrade mostrou o motivo do seu apelido ser "Bate-Estaca" e conseguiu nocautear de forma avassaladora Rose Najamunas.

O Brasil tem uma nova campeã! Jéssica Andrade mostrou o motivo do seu apelido ser "Bate-Estaca" e conseguiu nocautear de forma avassaladora Rose Najamunas, que caiu nocauteada no 2º round após ser brutalmente lançada ao solo pela brasileira. Jéssica teve muita dificuldade em se encontrar na troca de golpes e levou a pior no primeiro round, mas encurtou a distância no segundo assalto para conseguir a vitória e agora se junta a Amanda Nunes e Cris Cyborg no hall de brasileiras campeã do UFC.

DRAMA EM DERROTA DE ANDERSON SILVA

Uma lesão encerrou o duelo entre Anderson Silva e Jared Cannonier na luta co-principal do UFC 237. Nos instantes finais do primeiro round, o norte-americano desferiu um chute na parte de dentro da perna direita do brasileiro, que perdeu o equilíbrio e foi ao chão com uma expressão de dor, obrigando o árbitro a intervir imediatamente. A perna lesionada não é a mesma da fratura sofrida pelo brasileiro em 2013.

VOLKANOVSKI VENCE ALDO

Com a estratégia correta e competência para executá-la, o australiano Alex Volkanovski levou a melhor sobre o ex-campeão peso-pena José Aldo, conquistando a vitória por decisão unânime no Rio de Janeiro. Após um primeiro round de muito estudo, Volkanovski conseguiu encurralar o brasileiro contra a grade no segundo e terceiros, anulando o jogo do brasileiro durante a maior parte do tempo de combate.

"PEPI" LEVA A MELHOR SOBRE PITBULL

Fazendo sua segunda luta no Ultimate, o argentino Laureano "Pepi" Staropoli, que mora no Brasil, conquistou também sua segunda vitória. Após superar Hector Aldana em sua estreia no Octógono, o meio-médio de 26 anos conquistou a maior vitória da carreira até o momento ao levar a melhor em três rounds sobre o ex-desafiante ao cinturão Thiago Pitbull.

ALDANA FINALIZA BETHE

Na primeira luta do card principal, a mexicana Irene Aldana conseguiu sua terceira vitória consecutiva no Octógono quando, após dois primeiros rounds equilibrados, tirou melhor proveito de uma tentativa de queda de Bethe Correia para encaixar uma justa chave de braço na brasileira, obrigando-a a dar os três tapinhas.

SPANN VENCE MINOTOURO

Duas viagens ao Brasil, duas vitórias conquistadas. Após estrear no Ultimate vencendo Luis Henrique KLB em São Paulo no último mês de setembro, o norte-americano Ryan Spann veio ao Rio de Janeiro e conseguiu mais uma vitória neste final de semana, quando nocauteou o veterano Rogério Minotouro ainda no primeiro round.

THIAGO MOISÉS VENCE A PRIMEIRA NO ULTIMATE

O peso-leve Thiago Moisés conquistou a cobiçada primeira vitória no Octógono neste sábado. Após estrear na organização sendo superado por Beneil Dariush, o atleta revelado pelo Contender Series Brasil mostrou estar com o grappling em dia no confronto com Kurt Holobaugh, derrubou o norte-americano quatro vezes durante o duelo e ficou com o triunfo por decisão unânime.

WARLLEY NOCAUTEIA SERGINHO

Em outro duelo brasileiro do evento, Warlley Alves levou a melhor sobre Serginho Moraes. Em uma de suas melhores performances no Octógono até hoje, Warlley abriu larga vantagem sobre o adversário no segundo e terceiro rounds, mas fechou a conta com um lindo uppercut no último minuto de luta.

No duelo de veteranos do UFC 237, o condicionamento físico de Clay Guida foi seu diferencial para levar a melhor no terceiro round e superar a lenda BJ Penn por decisão unânime dos jurados. Enquanto Guida se reabilitou do revés sofrido para Charles do Bronx em sua luta anterior, o ex-campeão dos leves e meio-médios, e membro do Hall da Fama do Ultimate amargou sua sétima derrota consecutiva no Octógono.

LUANA ESTREIA COM VITÓRIA


Embedded video


Última entre os 11 contratados na primeira temporada do Contender Series Brasil a fazer sua estreia no Octógono, Luana Carolina conquistou sua primeira vitória na organização no Rio de Janeiro, após superar a compatriota Priscila Cachoeira por decisão dos jurados ao final de 15 minutos de um confronto bastante movimentado.

RAONI ENGATA A TERCEIRA

Social Post


Embedded video


Um dos atletas mais aplaudidos pelo público na pesagem de sexta-feira, o carioca Raoni Barcelos levantou a torcida mais uma vez no sábado. Enfrentando o estreante Carlos Huachin pelo peso-galo, o brasileiro conquistou seu terceiro triunfo em três lutas pelo Ultimate ao superar o peruano por nocaute técnico com socos no ground and pound nos instantes finais do segundo assalto.

BEM-VINDA, VIVI

Última atleta a entrar para o card do UFC 237, Viviane Araújo foi a primeira lutadora a pisar no Octógono na Jeunesse Arena neste sábado, e a primeira a ter seu braço erguido. A brasiliense de 32 anos, que aceitou enfrentar Talita Bernardo com poucos dias de antecedência, fez uma grande estreia na organização, dominando o combate por dois rounds antes de vencer com um belo nocaute no terceiro.

RESULTADOS OFICIAIS

CARD PRINCIPAL

Jéssica Andrade venceu Rose Namajunas por nocaute aos 2m58s do 2º round;

Jared Cannonier venceu Anderson Silva por nocaute técnico aos 4m47s do 1º round;

Alex Volkanovski venceu José Aldo por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Laureano Staropoli venceu Thiago Pitbull por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);

Irene Aldana venceu Bethe Correia por finalização (chave de braço) aos 3m24s do 3º round.

CARD PRELIMINAR

Ryan Spann venceu Rogério Minotouro por nocaute aos 2m07s do 1º round;

Thiago Moisés venceu Kurt Holobaugh por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27);

Warlley Alves venceu Serginho Moraes por nocaute aos 4m13s do 3º round;

Clay Guida venceu BJ Penn por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27);

Luana Carolina venceu Priscila Cachoeira por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-27);

Raoni Barcelos venceu Carlos Huachin por nocaute técnico aos 4m49s do 2º round;

Viviane Araújo venceu Talita Bernardo por nocaute aos 48s do 3º round.

Deixe seu Comentário