Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 19 de Outubro de 2019

Variedades

Unemat decreta luto após morte de acadêmica de Direito em cachoeira

R7 Notícias
Foto: Divulgação / Assessoria unematjpeg.jpg

Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) decretou luto oficial de 3 dias em Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá) pela morte da acadêmica de Direito, Sinbara Menandes Porto, 21, que aconteceu no último sábado (5), em uma cachoeira na zona rural do município.
“Aos familiares e amigos, a Unemat deseja que Deus possa confortar e consolar pela perda”, diz trecho da nota divulgada pela instituição de ensino superior. O corpo da estudante foi sepultado durante o domingo (6).
Ela era natural de Mirassol D’Oste, onde também fazia estágio no Ministério Público do Estado (MPE).  Conforme divulgado pelo #GD, amigos se desesperaram quando perceberam que a estudante não emergiu após o pulo que deu na cachoeira.
A jovem estava em companhia de 3 amigos na cachoeira da Primavera, por volta das 7h da manhã de sábado. O grupo pulou junto na água, mas só ela não emergiu. Uma das amigas entrou em pânico e se agarrou em uma das pedras.
Relatos dão conta de que outro amigo gritou, chamou por ela, mas sem respostas. Corpo foi encontrado horas depois. Bombeiros acreditam que ela tenha tido um mal súbito e acabou morrendo. 
O caso gerou comoção nas cidades e também nas redes sociais.
 

Deixe seu Comentário