Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 21 de Março de 2019

CAMPEONATO SUL-MATO-GROSSENSE 2019

Seis jogos fecham neste domingo a 1ª fase do Estadual 2019

Thiago Lopes de Faria - FFMS
Foto: Divulgação Comercial X Serc jogaram no Morenão
Comercial X Serc jogaram no Morenão

Seis jogos fecham na tarde deste domingo (17), a última rodada da 1ª fase do Campeonato Sul-Mato-Grossense. Em jogo o último classificado para as quartas de final e os três rebaixados que se juntarão ao Operário-DD.

Serc, Urso, Novo e União brigam pela última vaga e contra o rebaixamento. Confira abaixo os confrontos e o que cada clube precisa fazer para alcançar seu objetivo.

Novoperário x Serc: As equipes brigam contra o rebaixamento e já se enfrentaram oito vezes com quatro vitórias do Novo e quatro empates. O Novo tem sete pontos contra quatro da Serc e só escapa da degola se vencer, o Urso perder do Costa Rica pois empataria em pontos mas teria uma vitória a mais que Serc e Urso. Além disso, o União não pode vencer o Operário. A Serc escapa da degola se vencer e o Urso não vencer o Costa Rica. A Serc escapa da degola se empatar, o Urso perder e o União não vencer o Operário. Se o Urso vencer, a Serc tem que tirar quatro gols de saldo. Se houver empate e o União vencer ou o Urso empatar, ambos estão rebaixados.

ÁRBITRO: RENAN NOVAES INSABRALDE (CBF)

A1: DIEGO DOS SANTOS RUBERDO (EVENTUAL CBF)

A2: CLAYSSON VIEIRA DE MORAES (FFMS 1)

4º ÁRBITRO: EVERTON M. PRATES (EVENTUAL CBF)

INSP. DE ARB.: JOÃO LUPATO

União x Operário: O jogo vale a permanência para o União e a vice-liderança para o galo que já está classificado. Em 17 jogos, são nove vitórias do Operário, cinco do União e três empates. O União escapa do rebaixamento se vencer e Serc e Urso não vencerem, porém se o Urso empatar, o União precisa vencer o galo por dois gols de diferença para ficar a frente do time de Mundo Novo no saldo de gols já que perde no número de gols marcados. O Operário para ficar na liderança precisa vencer, torcer por derrota do Águia Negra para o Aquidauanense. Se o Águia Negra empatar, o galo precisa tirar uma diferença de sete gols no saldo.

ÁRBITRO: PAULO H. MELO SALMAZIO (CBF)

A1: DAIANE CAROLINE MUNIZ (FIFA)

A2: LUIZ CARLOS REZENDE (FFMS 1)

4º ÁRBITRO: RONNAN M. FREITAS LIMA (ASP. CBF)

INSP. DE ARB.: MANOEL PAIXÃO DOS SANTOS

Costa Rica x Urso: As equipes vão se enfrentar pela 1ª vez na história e o Costa Rica já está classificado. Para terminar no G-4 precisa vencer e torcer por tropeços de Comercial e Corumbaense. Já o Urso para se classificar, precisa vencer ou empatar desde que a Serc não vença. Se o Urso vencer, só perde a classificação se a Serc vencer tirando quatro gols de saldo.

ÁRBITRO: AUGUSTO D. BORGES ORTEGA (CBF)

A1: SÉRGIO ALEXANDRE DA SILVA (CBF)

A2: ERASMO COUTO FERREIRA (FFMS 1)

4º ÁRBITRO: BRUNO CÉSAR LEITE MESSIAS (FFMS 1)

INSP. DE ARB.: ERNANI TOMAZ DA SILVA

Águia Negra x Aquidauanense: As duas equipes já estão classificadas porém há muita coisa em jogo. O Águia Negra briga pela 1ª colocação e o Aquidauanense pelo G-4 correndo ainda risco de ser punido pelo TJD. Em oito confrontos na história, são quatro vitórias do rubro-negro, duas do azulão e dois empates. Uma vitória garante ao Águia, a melhor campanha da 1ª fase. Se empatar, torce para que o Operário não vença o União por sete gols de diferença. Se perder, o Operário não pode vencer o União. Já o Aquidauanense para terminar no G-4 precisa vencer e torcer por tropeços de Corumbaense, Comercial e Costa Rica. Se perder o jogo e for punido pelo TJD com perda de seis pontos, estará rebaixado. Se empatar e perder os pontos, torce por derrotas de Serc, Urso e para o União não vencer o Operário. Se vencer o jogo e for punido, torce para que Serc e Urso não vençam para se classificar.

ÁRBITRO: THIAGO ALENCAR GONZAGA (CBF)

A1: CÍCERO ALESSANDRO DE SOUZA (CBF)

A2: LUIS FELIPE DE OLIVEIRA (FFMS 1)

4º ÁRBITRO: CARLOS HENRIQUE LINHARES (ASP CBF)

INSP. DE ARB.: ANTÔNIO FLÁVIO ALVES

Corumbaense x Sete de Setembro: Em vinte confrontos são oito vitórias do Corumbaense, quatro do Sete e oito empates. O jogo dos classificados vale permanência no G-4 e o Sete precisa só de um empate para garantir a posição. Se o Corumbaense não vencer, torce para o que o Comercial não vença o Operário-DD e o Costa Rica não vença o Urso. Se o Sete perder, torce para que o Comercial não tire seis gols de saldo.

ÁRBITRO: PAULO HENRIQUE S. VOLLKOPF (CBF)

A1: LEANDRO DOS SANTOS RUBERDO (CBF)

A2: MOACIR DA SILVA SOARES (FFMS 1)

4º ÁRBITRO: WILTON SILVA DE AMORIM (FFMS 1)

INSP. DE ARB.: GETÚLIO BARBOSA DE SOUZA JR

Operário-DD x Comercial: As equipes já se enfrentaram oito vezes com oito vitórias do colorado que precisa vencer e torcer por tropeço do Corumbaense para ficar no G-4. Se o Corumbaense vencer, terá que tirar seis gols de diferença no saldo que tem para o Sete de Setembro. O Operário-DD já está rebaixado e apenas cumpre tabela.

ÁRBITRO: HUDSON M. HERNANDES (EVENTUAL CBF)

A1: LUCAS FERREIRA DE OLIVEIRA (FFMS 1)

A2: MAURISSANDRO DUARTE (FFMS 2)

4º ÁRBITRO: JOÃO BOSCO ECHEVERRIA (FFMS 1)

INSP. DE ARB.: EZEQUIEL BARBOSA ALVES

Deixe seu Comentário