Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 18 de Outubro de 2019

Agro e sustentabilidade

Representatividade Rural: Saito destaca importância da pecuária pantaneira durante posse em Rio Negro

Famasul
Foto: Famasul Nova diretoria do Sindicato Rural de Rio Negro

O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, Mauricio Saito, parabenizou o papel empenhado pelo homem pantaneiro, durante a posse da nova diretoria do Sindicato Rural de Rio Negro. “Ele mantém 83% da vegetação nativa preservada e ainda se dedica à produção de uma carne de alta qualidade, exportada atualmente para diversos países”, pontuou o presidente, nesta sexta-feira (1).

Durante a cerimônia de posse, o presidente da Famasul dirigiu a palavra às lideranças locais e estaduais, agradecendo o diálogo constante e produtivo em prol do desenvolvimento da pecuária pantaneira. “Exportamos carne de qualidade para cerca de 150 países e boa parte desse percentual é oriundo do Pantanal. Por isso a necessidade de um diálogo aberto e produtivo entre os setores público e privado, a fim de manter o nível de preservação, alinhado com altas produtividades”, reforçou ao desejar sucesso ao novo mandato do presidente reeleito pelo Sindicato Rural de Rio Negro, Henrique Mitsuo Vargas Ezoe, nome que Saito caracterizou como sinônimo de superação.

Com 29 anos, Ezoe assume pela segunda vez a presidência do Sindicato Rural de Rio Negro. “Estamos aqui porque acreditamos no setor agropecuário e que podemos contribuir ainda mais. Tenho a certeza de que iniciamos um novo ciclo da agropecuária brasileira, principalmente pela nomeação da ministra Tereza Cristina, que contribuirá para um estado mais forte e um Brasil mais soberano”, sinalizou Ezoe que lidera o sindicato até outubro de 2021.

O deputado estadual Felipe Orro apontou projetos que contribuirão para o desenvolvimento da agropecuária da região. “Temos ações que trarão desenvolvimento econômico e geração de emprego para a região de Rio Negro. A obra da rodovia BR-419, que começou em Rio Verde, fará daqui um polo de desenvolvimento”

Cleidimar da Silva Camargo, prefeito de Rio Negro, parabenizou toda diretoria do sindicato rural. “Gostaríamos de ressaltar o trabalho do Henrique frente ao sindicato. Temos o privilégio de dialogar, com a classe produtora, que estimula benefícios diretos à cidade e se tornou uma mola propulsora do município, estado e do país”.

Além das autoridades que formaram a mesa de honra, participaram da cerimônia de posse do Sindicato Rural de Rio Negro o diretor tesoureiro do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni; superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan; o presidente do Movimento Nacional dos Produtores (MNP) e diretor do Sindicato Rural de Campo Grande, Rafael Gratão; o vice-presidente da Cooasgo, Marcelo Miranda; a prefeita de Corguinho, Marcela Ribeiro Lopes; o presidente do Sindicato Rural de Bandeirantes, João Nelson Lyrio; a gerente Sicredi de Corguinho e Rochedo, Sirléia Alves Vilela, o gerente do Banco do Brasil de Rio Negro, Dan Herison; o presidente da Apae, Juliano Rodrigues Oliveira; o ex-prefeito Eronias de Rezende; o presidente da Câmara Municipal de Rio Negro, Evaldo Paes e outras autoridades do município.

Deixe seu Comentário