Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 16 de Julho de 2019

Política Regional

Quebra de decoro: Vereadora Denize Portolann é cassada pela Câmara de Dourados

Assessoria de Comunicação
Foto: Thiago Morais Foram 18 votos pela cassação e um impedimento

O plenário da Câmara de Dourados decidiu, por 18 votos favoráveis e um impedimento, pela perda do mandato da vereadora afastada Denize Portolann, investigada na Comissão Processante formada pelos vereadores Romualdo Ramin (PDT), presidente; Mauricio Lemes (PSB), relator; e Alberto Alves dos Santos-Bebeto (PR), membro, após denúncia por quebra de decoro parlamentar.

A sessão especial convocada pelo presidente Alan Guedes (DEM) teve início às 17h12 e encerrou-se às 20h, período em que foi feita a leitura, pelo vereador Sergio Nogueira (PSDB), 1º secretário da Casa de Leis, da denúncia apresentada pelo farmacêutico-bioquímico Racib Panage Harb e da defesa da denunciada, pela vereadora Daniela Hall (PSD), 2ª secretária da CMD.

O advogado Alexsander Niedack Alves, patrocinador da denunciada, falou por quase uma hora em defesa de Denize. Discursaram, ainda, sobre o processo, os vereadores Sergio Nogueira, Maurício Lemes (PSB) e Olavo Sul (Patriota).

A vereadora Lia Nogueira (PR) não participou da votação, por ser a suplente imediatamente interessada no resultado. Ela agora assume a condição de titular.

Deixe seu Comentário