Campo Grande/MS, 18 de Agosto de 2018

Campo Grande

Público prestigia apresentações de Ginástica Artística e Rítmica do 1º Jeres de Gala

Redação TerereNews
Foto:

Mais de 700 pessoas, entre pais e alunos de escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino), prestigiaram na noite desta quarta-feira (29), no Rádio Clube Campo, o 1º Jogos da Reme de Gala (Jeres de Gala) que reuniu 350 crianças que participaram, durante o ano, das aulas de ginástica rítmica e artística oferecidas pela Semed. As apresentações mostraram o resultado do projeto nestas duas modalidades.

O 1º Jeres de Gala, que contou com a presença do prefeito Marquinhos Trad, mesmo sem caráter competitivo premiou os atletas com medalhas como forma de incentivo ao esporte. Durante as apresentações, a emoção tomou conta dos pais e familiares.

jeres de gala_2Ao abrir os Jeres, o prefeito Marquinhos Trad comentou que os Jogos de Gala são uma forma de incentivar as crianças às práticas esportivas e elogiou a dedicação das turmas. “Todos eles são vitoriosos e merecem medalhas. Este projeto ensina princípios aos alunos”, disse.

A secretaria municipal de Educação, Elza Fernandes lembrou que o esporte é uma ferramenta importante no crescimento e aprendizado dos alunos. “Por isso nossos profissionais se dedicam a ampliar estas oportunidades cada vez mais”, afirmou.

Disciplina

Patrícia Gimenes, mãe do aluno Davi Gimenes Neves, de seis anos, do 1º ano, da Escola José de Souza,  destacou que o filho adora participar de apresentação de ginástica. “Ele começou este ano e está  empolgado, inclusive para competir. O esporte está trazendo disciplina e mudando muito a conduta dele”, disse.

Ex-aluno da Reme, o aluno Nicolas Gabriel, 14 anos, começou a praticar o esporte na Rede Municipal e hoje, mesmo estudando na rede estadual, continua investindo na ginástica e já completa nove anos na modalidade.  “Iniciei fazendo ginástica na escola “Professora Oneida Ramos” e ganhei muitas premiações, torneios nacionais em Aracaju, Maranhão, Goiânia, São Paulo e Belém. A ginástica me motiva a estudar porque para praticar eu preciso sempre ter notas boas”, revelou.

jeres de gala_4Para a professora Andressa Bacardi, que atua nas escolas “Domingos Gonçalves Gomes” e “Marina Couto Fortes”, a ginástica complementa a aprendizagem dos alunos na escola.  “Essas modalidades trabalham muito a flexibilidade, a coordenação motora e a socialização”, pontuou.

A estudante Isabela Matias, 13 anos, do 8º ano da escola “Marina Couto Fortes” comenta que o projeto está proporcionando a oportunidade de participar de outra competições e festivais. “A minha família está gostando bastante e estão mandando mensagens pelo celular me apoiando”, revelou.

Mais oportunidades

Chefe da Deac, o professor Marcos Antônio Lopes, revela que a intenção é ampliar as atividades em 2018. “Para essas crianças este evento é muito importante. É a valorização do que elas trabalharam durante o ano. Acho que o caminho é valorizar cada vez mais os nossos alunos. A ideia é que em 2018 possamos ampliar mais nossas atividades”, destacou.

jeres de gala_5Além da ginástica artística e rítmica, também houve apresentações de ginástica acrobática, trampolim e aeróbica. O projeto teve apoio da Federação de Ginástica de Mato Grosso do Sul.

Escolas participantes

Participaram as escolas José Rodrigues Benfica, ETI Iracema Maria Vicente, Antonio Lopes Lins, Carlos Garcia de Queiroz, Sulivan Silvestre, Vanderlei rosa, Danda Nunes, Elpidio Reis, Marina Couto Fortes e Aldo de Queiroz, Consulesa Margarida, Licurgo de Oliveira Bastos, Elizabel Maria Gomes, irmã Edith, Rachid Saldanha Derzi, Iracema de Souza, Dr. Eduardo Olimpio Machado, Domingos Gonçalves, José mauro de messias, Oneida Ramos, Arlene marques, Abel Freire de Aragão e Luz Cavallon.

Fonte: Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS

Deixe seu Comentário