Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Setembro de 2019

Copa da Rússia 2018

Projeto: Jogadores defendem permanência de Tite após a eliminação na Copa

Gazeta Esportiva
Foto:

A Copa do Mundo de 2018 Rússia terminou nesta sexta-feira para o Brasil. A derrota para a Bélgica por 2 a 1, acabou com qualquer possibilidade da Seleção Brasileira chegar ao hexa. Apesar de algumas críticas, o técnico Tite vem sendo defendido, e os atletas querem a permanência do comandante para a sequência.

O volante Paulinho, que voltou a vestir a camisa da Seleção com Tite, foi um dos que fizeram lobby para a continuidade do trabalho. Na zona mista, o jogador apenas se limitou a dizer quando questionado sobre o assunto: “Com certeza”, afirmou o atleta do Barcelona.

Miranda, um dos melhores jogadores do Brasil no Mundial e que foi duas vezes capitão sob o comando do atual treinador, contra a Costa Rica e diante da Bélgica também quer que Tite continue a frente da Seleção:



“Tem toda uma preparação que foi bem-feita. O professor Tite se mostrou um grande treinador, espero que siga no comando e que seja coroado com um título”, disse o defensor, que atua na Internazionale.

Desde 2016 no Brasil, Tite coleciona 26 partidas, com 20 vitórias, quatro empates, e apenas duas derrotas, com 85% de aproveitamento. Além do revés para a Bélgica, a Seleção Brasileira perdeu para a Argentina por 1 a 0, em amistoso disputado em Melbourne.

Leia também:

Eliminação do Brasil é o jogo mais tweetado da Copa do Mundo

O jogo que marcou a eliminação da seleção brasileira da Copa do Mundo foi a partida mais Tweetada no mundo desde o início do torneio até agora. Apesar da derrota, os jogadores brasileiros foram os mais mencionados na plataforma: o principal atleta citado em Tweets durante a partida foi Neymar, seguido por Firmino, Fernandinho, o técnico Tite e o atacante belga Lukaku. Em todos os jogos que jogou neste Mundial, Neymar foi sempre o jogador mais citado no Twitter durante as partidas.

O apito final da partida, às 16h54, gerou o maior pico de comentários sobre o jogo globalmente no Twitter. O segundo maior momento aconteceu às 15h33, com o gol de Kevin De Bruyne, que colocou o placar em 2 a 0 para a Bélgica. E o terceiro foi às 15h48, com o fim do primeiro tempo.

Logo depois do jogo, foi registrado um aumento no volume de Tweets com menção ao termo “2022”, ano em que será realizada a próxima Copa, no Qatar. Muitos dos comentários demonstravam a esperança dos brasileiros de conquista do hexacampeonato no próximo mundial. Por outro lado, também houve um crescimento no uso das palavras “choro” ou “chorar”, uma manifestação da tristeza dos torcedores com o resultado.

Deixe seu Comentário