Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 24 de Agosto de 2019

Política Regional

Projeto habitacional da Aldeia Água Bonita será “referência para o Brasil” diz Assis

Governo do Mato Grosso do Sul
Foto: Governo do Mato Grosso do Sul Projeto habitacional

“Este projeto da Aldeia Água Bonita tem que ser referência para o Brasil”. A afirmação é do secretário especial do Governo do Estado, Carlos Alberto de Assis, que representou o Governador Reinaldo Azambuja, na Ação Social realizada para os indígenas nesta quinta-feira (08.08).

O projeto que Assis se refere é sobre as 79 unidades habitacionais que estão sendo construídas pelos próprios moradores da comunidade, através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR). “Quando o governo federal, governo municipal, e governo estadual se unem, o povo ganha. E aqui está o exemplo! Vocês construindo a própria residência”, pontuou.



O programa iniciado em 2018, ofereceu formação técnica por meio do Programa de Inclusão Profissional (Proinc). Eletricista, encanador, pedreiro, pintor, servente e carpinteiro, foram as profissões ensinadas a 50 índios que, desde então, trabalham na construção das casas. “Além da profissão, as pessoas envolvidas saem com uma profissão, tem um salário por mês, tem uma cesta básica, e vão sair daqui empregados e com sua residência digna” frisou.

Presente no ato, a cacique da aldeia Alicinda Tibério lembrou do dia internacional dos povos indígenas que será celebrado amanhã (08.08). “O dia é amanhã, mas nós já estamos comemorando. Hoje está acontecendo a revolução das casas que estão em andamento. Eu vejo que a história da comunidade Agua Bonita está tendo avanço”, afirmou em agradecimento a todos os envolvidos com a ação social.

Principal liderança indígena do Estado, a subsecretária estadual de Políticas Públicas para População Indígenas, Silvana Terena também lembrou sobre o dia que tem como propósito conscientizar sobre a inclusão dos povos indígenas na sociedade. “Amanhã é dia de lembrar das lutas, mas também de comemorar as conquistas. Hoje, nós temos uma subsecretaria do Governo do Estado que Reinaldo, nosso Governador, reconheceu nós no Estado de Mato Grosso do Sul, como cidadão”.

A subsecretária de políticas públicas e cidadania, Luciana Azambuja, destacou a importância da ação voltada para crianças, jovens e adultos. “Meu compromisso pela cidadania é trazer serviços, informações e conhecimento para vocês”.

A ação cidadania ofereceu serviços diversos como: orientações sobre o mercado de trabalho para jovens; levantamento de cursos para mulheres; exames e aferição de pressão arterial; atendimento da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (PROCON); atendimento da Defensoria Pública; e espaço da beleza com serviço de limpeza de pele para as mulheres.

Além das ações direcionadas aos adultos, as crianças da aldeia passaram a manhã se divertindo na estrutura montada pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), com brinquedos infláveis.

Acompanhada das irmãs, e do filho Kaleb de apenas 1 mês, a indígena Genilsa Francisco Farias, elogiou a ação. “É bom ter esse movimento aqui, porque aí as crianças também aproveitam. Na questão de saúde ter as orientações. Foi bem gratificante esse momento ter acontecido aqui para nós” agradeceu com simpatia.  

Para o indígena Alexandre Arévalo, e a esposa Elizete, a ação é uma oportunidade. “Oportunidade de trabalho médico e social para a comunidade. Para nós é importante, ficamos felizes com isso. Mas estamos ansiosos também pela entrega das nossas casas” lembrou.

A ação foi promovida pelo Governo do Estado, através da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab) em parceria com a Secretaria Especial de Cidadania.

Mireli Obando, Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Fotos: Chico Ribeiro

Deixe seu Comentário