Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 25 de Agosto de 2019

Educação

Profissionais da Reme discutem adequação de currículo para atender a Base Nacional

Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS
Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS Reunião para discutir o a implementação do novo currículo da Rede Municipal de Ensino (Reme).

Diretores e coordenadores pedagógicas de escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme) participaram nesta quarta-feira (17) de uma reunião para discutir o plano de ações estratégicas que visam a reestruturação e implementação do novo currículo da Rede Municipal de Ensino (Reme).

Segundo a responsável pela Gerência do Ensino Fundamental e Médio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Mônica Inácio, com a homologação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), em dezembro de 2017, os estados e municípios passaram a se mobilizar para adequar seus referenciais curriculares para atender às exigências da BNCC, que é o documento que enfatiza o que os alunos têm direito a aprender na escola e os objetivos que precisam alcançar.

Já o currículo é o conjunto de propostas para garantir esses direitos e orientar o que acontece em sala de aula. As redes de ensino têm a missão de estudar o conteúdo da BNCC para compreender como o currículo atende às exigências da Base Nacional e realizar as modificações necessárias.

Para realizar esse estudo, a Reme apresentou um plano de ações para debater e implementar o Referencial Curricular Municipal, tendo em vista o prazo estabelecido pelo MEC para esta definição, que é de dois anos a partir da homologação da Base.

“É necessário discutir a estruturação desse novo documento a partir de uma visão ampliada do que seja currículo. Nessa direção, iremos debater essa readequação, junto às escolas, durante as formações do programa Reflexões Pedagógicas, proporcionando momentos de estudo dirigidos por agentes escolares, conhecedores da realidade de cada unidade”, explicou Mônica.

O novo documento de referência curricular da Reme será dividido em cinco livros, sendo um destinado à Educação Infantil, um para a área de linguagens do 1º ao 9º ano, um para Ciências Humanas do 1º ao 9º ano, Ciências da Natureza do 1º ao 9º e um para Matemática do 1º ao 9º ano.

A gerente do Ensino Fundamental e Médio afirma que os profissionais da Reme já trabalham, por exemplo, respeitando a realidade de cada unidade, um dos pontos estabelecidos pela BNCC.

A palestra desta quarta-feira foi ministrada pelo professor Fernando Vendrami, da Reme, que ao lado de outros quatro profissionais, representou o estado ano passado no processo de implementação e elaboração da BNCC.

Deixe seu Comentário