Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 17 de Setembro de 2019

Tecnologia

Processamento de dados na China emite tanto carbono como 21 milhões de carros, diz Greenpeace

Sapo
Foto: Divulgação / Assessoria processamentojpg.jpg

Os centros armazenam conteúdo eletrónico, incluindo emails, fotos e vídeos, e consomem, globalmente, entre 3% e 5% do total da eletricidade, rivalizando com o setor da aviação em emissões de carbono.
A China tem uma das maiores indústrias do mundo de processamento de dados, responsável pelo consumo de mais de 2% do total da energia do país, detalha o relatório da Greenpeace.
O desenvolvimento do 'big data' (processamento de grandes volumes de dados) é uma das prioridades da China, visando modernizar as indústrias nacionais e a administração pública, mas que tem suscitado críticas, por possibilitar ao regime chinês uma maior vigilância sobre os cidadãos.

Deixe seu Comentário