Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 18 de Agosto de 2019

Campo Grande

Presidente do Consórcio Guaicurus diz que tarifa do transporte coletivo não terá aumento

Redação TerereNews
Foto: Onibus-afonso-pena-Foto-tererenws Onibus-afonso-pena-Foto-tererenws

O presidente do Consórcio Guaicurus, João Resende Filho usou a Tribuna na sessão ordinária desta quinta-feira (7) para falar sobre os questionamentos no valor da tarifa do transporte público de Campo Grande.

“Agradecemos a oportunidade de estar mais uma vez nesta Casa tratando de um assunto de tamanha relevância. Importante dizer que esse momento que o país passa, todo esse questionamento da redução de preço de óleo diesel é normal. Nos deparamos agora com esse questionamento da redução da tarifa, acho normal quando falta a informação, forma-se um preconceito. Vale ressaltar que o consórcio não é detentor do benefício do INSSQN, é o usuário que tem o benefício de isenção. O consórcio apenas recolhe o valor inserido na tarifa e repassa para o órgão público”, declarou João Resende Filho.

João Rezande Filho afirmou que com o valor do diesel a R$ 3,13, valor da tarifa não vai reduzir. “Relativamente ao combustível atual, a tarifa foi definida em dezembro do ano passado, em um cenário que o óleo diesel custava 3,13 reais, de lá pra cá tivemos aumento no diesel, chegando a 3,70 reais, que foi o maior preço pago, todos eles foram suportados pelo consórcio, não viemos requerer a majoração da tarifa. Vocês vão ver que 5% do ISSQN deixou de pesar no bolso do usuário e para o empresário que fornece o vale de transporte, mas mesmo com a redução do Governo Federal e Governo Estadual, ainda não reduziu o valor do diesel de 3,13 reais, de maneira bem simples o consórcio não está levando vantagem e não está se negando a discutir o assunto. Apesar da dificuldade que o país passa, temos aqui uma Câmara madura, um Executivo aberto ao diálogo e transparente. Vai prevalecer a transparência e a razão. Agradecemos a oportunidade e nos colocamos à disposição para abordar o tema”, explicou.

Dayane Parron
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Deixe seu Comentário