Campo Grande/MS, 19 de Setembro de 2018

Campo Grande

Prefeitura começa a recuperar trecho de Gabião danificado na Fernando Corrêa da Costa

Redação TerereNews
Foto:

Já está em andamento a recuperação  de um trecho danificado do canal em gabião do Córrego Prosa, na Avenida Fernando Correa da Costa,  poucos metros depois da esquina com a Rua José Antônio. Serão investidos R$ 148.816,00 na reconstrução de 30 metros de gabião;  taludes e recomposição das margens.

Para realizar a obra foi preciso remover e replantar alguns metros acima uma paineira, que por causa da erosão, ficou tombada, com as raízes expostas. A previsão é de que em 30 dias o serviço esteja pronto.

Segundo o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, além da recomposição do lado direito do canal (sentido Fernando Correa/Joaquim Murtinho), será refeito o colchão de drenagem (uma espécie de alicerce construído de pedras) da outra margem para dar sustentar a parede do gabião, evitando que também acabe desmoronando.

“À medida que chove,  a água se infiltra e acaba solapando a base e o gabião cai e provoca o desmoronamento do barranco, causando a erosão”, explica.

Além desta intervenção no Prosa, equipes próprias da secretaria trabalharam na recuperação de um trecho do canal (em concreto) do Córrego Bandeira, da esquina da Avenida Interlagos com a Rua Dr. Werneck. Com a pressão da enxurrada escoada pelo sistema drenagem, duas placas caíram, desmanchando parte do aterro. Foi necessário usar um guindaste e uma escavadeira hidráulica para içar  a placa de 20 toneladas.   Para fixar a estrutura de concreto no barranco  foi colocado um pedaço de trilho e molas de veículo foram utilizadas como prego.

Neste período que antecede o ciclo anual  com maior intensidade de chuva, o trabalho de manutenção foi intensificado, para  garantir o escoamento das águas pluviais.  Só neste mês de outubro já foram executados 54 quilômetros de patrolamento e cascalhamento de vias não pavimentadas.  Em média, está sendo feita a limpeza 3.500 bocas de lobo;  desobstrução de drenagem,   reparos em poços de visita e recuperação dos trechos  onde o asfalto afundou (o chamado solapamento).

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS

Deixe seu Comentário