Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Agosto de 2019

Polícia

PMA monitora cardumes no rio Aquidauana

Polícia Militar Ambiental
Foto: Polícia Militar Ambiental Cardumes no rio Aquidauana

Polícia Militar Ambiental monitora cardumes no rio Aquidauana e prende pescador campo-grandense com pescado ilegal

Equipes da Polícia Militar Ambiental estão realizando operações de acompanhamento e vigilância de cardumes, especialmente nos rios Aquidauana e Taquari, onde vários cardumes de piavuçu, curimbatá e pacu estão formados em vários pontos e alguns pescadores estão praticando pesca onde eles estão. No rio Aquidauana, cardumes de piavuçu, em vários pontos estão sendo vigiados pelos Policiais e as equipes precisam se manter diuturnamente para evitar a pesca predatória. Drones estão sendo utilizados na fiscalização.

Três pescadores já foram presos, sendo dois no dia 31 de julho e no dia 1º de agosto. Como os Policiais estão nos rios, os infratores foram presos com pouca quantidade de pescado e tiveram barcos, motores e petrechos de pesca apreendidos.

Hoje (6) à tarde, mais um pescador foi preso com pescado abaixo da medida, quando uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Aquidauana fiscalizava com drone a região do Distrito de Camisão. O pescador havia capturado quatro exemplares de peixes da espécie piavuçu (3 kg), estando todos abaixo da medida permitida por lei.

O infrator (33), residente em Campo Grande, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, juntamente o material apreendido, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 760,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS 

Deixe seu Comentário