Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 24 de Abril de 2019

Internacional

Pena de morte por tirar uma fotografia? É possível na Tailândia

Expresso
Foto: SOPA IMAGES Aeroporto Internacional da ilha de Phuket na Tailândia
Aeroporto Internacional da ilha de Phuket na Tailândia

As fotografias numa praia na ilha de Phuket, conhecida pela proximidade ao aeroporto, vão ser proibidas para não distrair os pilotos



A praia de Mai Khao, na Tailândia, não é só mais uma praia paradisíaca na ilha de Phuket. Também é conhecida por ser um ponto imperdível para os "instagramers", devido à proximidade do Aeroporto Internacional da ilha. O voo baixo dos aviões, na aproximação à pista, já gerou milhares de fotos partilhadas nas redes sociais.

Mas o paraíso pode brevemente tornar-se um pesadelo, porque as autoridades do país decidiram proibir fotografias na praia, sob o pretexto de que distrai os pilotos e pode colocar em risco as aterragens e descolagens. De acordo com o diretor adjunto da infraestrutura, Wichit Kaeothaithiam, a zona de segurança do aeroporto será alargada e as penas que estão definidas na Lei da navegação aérea podem ser drásticas.

“A pena máxima é a pena de morte”, afirmou ao Bangkok Post, se bem que poucos esperem uma punição tão drástica. Outras hipóteses são a aplicação de multas até cerca de 1100 euros ou prisão até 20 anos. “As autoridades têm de aplicar rigorosamente as regras de segurança da Organização Internacional da Aviação Civil”, frisou Kaeothaithiam.

Quem a está a contestar mais veementemente esta medida não são os turistas, mas sim os comerciantes. As associações locais dizem que o encerramento desta “pista de selfies” vai estrangular o turismo da zona, a grande fonte de receitas da população.

Deixe seu Comentário