Campo Grande/MS, 19 de Setembro de 2018

Manchete dos Jornais

‘PCC se tornou a maior facção da América do Sul’

EBC\Radiobras
Foto: manchetedosjornais-tererenews manchetedosjornais-tererenews
manchetedosjornais-tererenews

13 de julho de 2018

O Globo

Manchete : Mais da metade das escolas do Rio está em más condições

TCM dá prazo de 30 dias para Crivella responder a questionamentos



Estudo revela ainda que a rede municipal tem, em média, 8,2 tempos sem aulas por semana em cada unidade. Só uma apresentou laudo do Corpo de Bombeiros em dia



Pesquisa do Tribunal de Contas do Município, feita por amostragem em 194 escolas da rede municipal, constatou que 57,4% delas (112) estavam em condições precárias. À deterioração da infraestrutura das unidades soma-se o grande número de tempos sem aula, em média 8,2 por semana em cada escola. A segurança das crianças também foi reprovada: de todas as escolas, apenas uma tinha laudo do Corpo de Bombeiros em dia. A rede municipal tem 654,9 mil alunos em 1.537 unidades. Em sessão marcada por discussões entre os conselheiros, ontem, o TCM decidiu, por cinco votos a zero, que o prefeito Marcelo Crivella terá 30 dias para responder a todos os questionamentos do tribunal. O relatório do TCM afirma que o primeiro ano de gestão de Crivella teve déficit orçamentário de R$ 1,6 bilhão. (PÁGINA 7)

Câmara rejeita impeachment

Numa sessão marcada por bate-bocas e denúncias de ameaças e troca de favores, a Câmara de Vereadores rejeitou a abertura de processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella. Foram 29 votos contrários e 16 a favor da medida. A oposição aposta agora na criação de CPIs. (PÁGINA 7)

Criação de sindicatos ainda é atraente

A reforma trabalhista acabou com a contribuição sindical obrigatória, mas, ainda assim, há 1.500 pedidos de registro de sindicatos em via de serem concedidos pelo Ministério do Trabalho. Novo titular da pasta, Caio Vieira de Mello suspendeu as autorizações, que são alvo de investigação após denúncia de irregularidades. (PÁGINA 15)

Lula absolvido no caso Cerveró

A Justiça absolveu o ex-presidente Lula da acusação de tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. O banqueiro André Esteves e o ex-senador Delcídio Amaral também foram inocentados. (PÁGINA 6)

Mais brasileiros nos campi de Portugal

Os brasileiros já são 29% dos estudantes estrangeiros nas universidades portuguesas. Mas o preço é alto: mensalidades mais caras para quem não é da União Europeia e aluguéis de imóveis em alta. (PÁGINA 20)

Cármen Lúcia - Justiça não tem lado

Manter-se distante da luta político-partidária e das paixões que a envolvem e preservar a isenção são deveres constitucionais do magistrado. A Justiça não tem lado, protegidos nem adversários. (PÁGINA 13)

------------------------------------------------------------------------------------

O Estado de S. Paulo

Manchete : Ampliar benefícios fiscais é inoportuno, diz Guardia

Ministro da Fazenda diz que crise das finanças públicas é mais grave do que na transição de governo de 2002



O ministro Eduardo Guardia (Fazenda) disse que a concessão de benefícios tributários a setores específicos da economia, por parte do Congresso, é “absolutamente inoportuna” para o País e vai exigir medidas compensatórias para fechar as contas. Ele avalia que a situação fiscal, hoje, é mais grave do que a da transição do governo de Fernando Henrique Cardoso para o de Lula, em 2002, e seria “prudente e adequado” deixar para o próximo presidente a discussão sobre projetos que tramitam na Câmara e no Senado e aumentam gastos ou abrem mão de receitas. Guardia citou a Lei Kandir, que implica a transferência de R$ 39 bilhões por ano para os Estados. “Isso é absolutamente fora da realidade fiscal do País”, disse – o tema já foi aprovado em comissão especial. Outro ponto citado é o marco regulatório do transporte de cargas, com impacto de R$ 8,5 bilhões por ano. 

(ECONOMIA / PÁGS. B1 e B3)

Alckmin sela aliança e terá apoio do PSD de Kassab

Geraldo Alckmin (PSDB) terá o apoio do PSD, do ministro Gilberto Kassab, na disputa ao Planalto. O tucano também tem promessas de aliança com PPS, PTB e PV, o que lhe garantiria mais de 20% do tempo de TV reservado aos candidatos à Presidência. Em outra frente, tucanos tentam convencer o senador Alvaro Dias (Podemos) a sair como vice de Alckmin. 

(POLÍTICA / PÁG. A4)

Lula é absolvido em processo sobre obstrução

O juiz substituto da 10.ª Vara Federal do DF Ricardo Leite absolveu, por falta de provas, o ex-presidente Lula e mais 6 réus em processo da Lava Jato. Lula, o ex-senador Delcídio do Amaral, o banqueiro André Esteves e o pecuarista José Carlos Bumlai eram acusados de tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. 

(POLÍTICA / PÁG. A8)

‘PCC se tornou a maior facção da América do Sul’

Entrevista

Lincoln Gakiya, PROMOTOR



Segundo o promotor Lincoln Gakiya, que denunciou 300 membros do PCC, facção ruma para se tornar uma organização mafiosa, está recrutando paraguaios e bolivianos e já matou mais de cem em guerra com rival. 

(METRÓPOLE / PÁG. A12)

Vacinação vai focar em pólio e sarampo (Metrópole / Pág. A13)

PSL de Bolsonaro quer apoio do MDB no Pará (Política / Pág. A6)

Fernando Gabeira

Escrevo de Moscou. Saindo do País, vemos como nos atrasamos e como em alguns pontos estamos retrocedendo. 

(ESPAÇO ABERTO / PÁG. A2)

Eliane Cantanhêde

A cúpula feminina do Judiciário e do MP ganhou respeito ao pôr as coisas nos seus devidos lugares depois de domingo. 

(POLÍTICA / PÁG. A6)

Notas & Informações 

Novos ataques ao Tesouro 



Populismo, oportunismo e irresponsabilidade estão criando no Congresso uma herança desastrosa para o próximo governo e, pior, para os brasileiros, principalmente os mais pobres. 

(PÁG. A3) 



Um preso como outro qualquer Lula deve ter as mesmas restrições dos demais detentos. 

(PÁG. A3)

------------------------------------------------------------------------------------

Folha de S. Paulo

Manchete : Juiz absolve Lula em caso de obstrução da Justiça

ex-presidente era acusado de tentar comprar silêncio de ex-diretor da Petrobras



O ex-presidente Lula foi absolvido da acusação de obstruir investigações da Lava Jato. A decisão do juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, baseou-se principalmente em falta de provas. É a primeira vez que o petista é isentado em ação penal vinculada à operação. Outras seis pessoas foram absolvidas no processo, entre elas o ex- senador Delcídio Amaral(sem partido), o banqueiro André Esteves e o pecuarista José Carlos Bumlai. Todos eram acusados de tentar comprar o silêncio do ex-diretor internacional da Petrobras Nestor Cerveró. A investigação partiu de gravação feita em 2015 por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor, de uma conversa em que Delcídio prometia fuga e R$ 50 mil mensais a Nestor, que já estava preso na ocasião e cogitava delatar o que sabia sobre o esquema de corrupção na estatal. O juiz concluiu que o áudio não constituía prova válida para a condenação. O Ministério Público Federal pode recorrer da decisão. (Poder A4)



Análise - Rubens Valente



Absolvição de petista expõe investigação descuidada (A4)

Despesa extra do próximo governo pode ser de R$ 68 bi

O próximo presidente da República pode ter em 2019 uma conta extra de R$ 68 bilhões, resultado de projetos no Congresso que almejam reduzir a arrecadação de impostos e de medidas de contenção de gastos que o governo não conseguiu aprovar. A União já gasta todos os anos R$ 45 bilhões como funcionamento da máquina pública. (Mercado A13)

Entrevista - Geraldo Alckmin : Se depender de mim, estaremos juntos com o DEM

O pré-candidato do PSDB à Presidência diz estar trabalhando para compor aliança com o partido, que flerta com o candidato Ciro Gomes (PDT). Com 7% das intenções de voto no Datafolha, afirma que as pesquisas vão virar. Ele defende as investigações sobre caixa dois em SP e diz ser “vida limpa”. (Poder A6)

Entrevista - Fernando Collor : O poder é cruel com aquele que não o sabe exercer, e eu não soube (Poder A8)

Impeachment de Crivella é rejeitado pela Câmara do Rio

A Câmara Municipal do Rio rejeitou dois pedidos de abertura de processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella (PRB), acusado de privilegiar evangélicos em sua administração. Ele ainda terá de responder por supostamente ferir a laicidade do Estado, em ação do Ministério Público. (Poder A8)

Nova Previdência em SP empaca e preocupa Covas (Cotidiano B1)

Editoriais

Pilhagem do erário



Sobre projetos que ameaçam o Orçamento federal (A2)



Um aliado incômodo



Acerca de atuação de Trump na cúpula da Otan (A2)

Deixe seu Comentário