Campo Grande/MS, 23 de Janeiro de 2019

Agenda Cultural do Mato Grosso do Sul

Passageiros são alertados sobre riscos de não utilizar o cinto de segurança em ônibus rodoviários

Governo do Mato Grosso do Sul
Foto:

Campo Grande (MS) – A concessionária da BR-163 CCR MSVia, com apoio da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan), da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e de outros órgãos de trânsito, continua os esforços na campanha para o uso do cinto de segurança em ônibus e vans que trafegam nas rodovias. A ação busca conscientizar os usuários dos transportes coletivos sobre a importância de também utilizar o equipamento durante viagens intermunicipais. A falta do cinto pode ocasionar ferimentos graves e até morte em caso de acidentes.

Por meio da distribuição de folhetos em pontos estratégicos da BR-163 no território de Mato Grosso do Sul e de palestras em empresas lindeiras à rodovia, a concessionária alerta sobre o que pode acontecer aos passageiros que não usam o cinto de segurança. Equipes de fiscalização da agência reguladora e policiais rodoviários auxiliam na abordagem aos veículos e contato com os passageiros.

“Nos casos de freadas bruscas ou mesmo acidentes, os riscos de os passageiros serem arremessados para fora do assento são enormes. Um corpo deslocado nessas condições pode cair sobre outros passageiros ou ser lançado para fora do veículo”, explica o coordenador de Interação com o Cliente do trecho Centro da BR-163/MS, Ademir Pereira.

Ele lembra que o uso do dispositivo em coletivos, como ônibus e vans, é essencial e é fundamental que se torne um hábito entre os brasileiros. Daí a necessidade de reforçar tais benefícios à população.

No material educativo entregue pelas equipes da CCR MSVia constam dados que comprovam a eficácia do uso do cinto em coletivos, como por exemplo, no caso de uma colisão, uma pessoa de 70 kg que não esteja usando o equipamento, esta seria projetada para frente com um peso cinco vezes maior.

A obrigatoriedade para que a empresa disponibilize o cinto nos ônibus já existe. O diretor de Transportes, Rodovias e Portos da Agepan, Ayrton Rodrigues, destaca que o desafio agora é o usuário tomar consciência de que o uso do cinto durante toda a viagem é uma obrigação, para garantir a própria segurança e a dos demais passageiros.

Do dia 11 de julho até o início desta semana, a ação foi realizada nas rodoviárias de Itaquiraí, Dourados, Caarapó, Campo Grande, São Gabriel do Oeste e Rio Verde; além de um posto da PRF e bases operacionais da concessionária CCR MSVia.

Gizele Oliveira – Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan)

Foto:DIvulgação

Deixe seu Comentário