Campo Grande/MS, 21 de Fevereiro de 2019

Argentina Bolívia e Paraguai

Paraguai assumirá presidência temporária da hidrovia Paraguai-Paraná

Redação TerereNews
Foto: hidrovia-pr-paraguai-tererenews hidrovia-pr-paraguai-tererenews
hidrovia-pr-paraguai-tererenews

Da Agência EFE
O Paraguai assumirá na próxima semana a presidência temporária do Comitê Intergovernamental da Hidrovia Paraguai-Paraná (CIH), um órgão formado pelos cinco países (Brasil, Bolívia, Argentina, Uruguai e Paraguai) pelos quais transcorrem os rios Paraguai e Paraná, informou neste sábado o Ministério das Relações Exteriores paraguaio.

A posse será realizada na quinta-feira, dia 22 de fevereiro, em um ato na sede do Ministério das Relações Exteriores do Paraguai em Assunção, um evento no qual também será desenvolvida a agenda de trabalho para a implementação do acordo de Santa Cruz de la Sierra, que estipula a navegabilidade de ambos os rios e as normas que vigoram nos mesmos.

Tal agenda compreenderá temas relacionados com a institucionalidade do CIH, com a atualização das normativas, com a prorrogação indefinida da vigência do acordo de Santa Cruz de la Sierra e com a designação da sede da Secretaria Executiva.

A Chancelaria paraguaia informou que estarão presentes no ato de assunção representantes dos outros países que integram o CIH.

A hidrovia Paraguai-Paraná é o principal eixo fluvial de transporte de carga da América do Sul e se estende do porto de Cáceres, no Mato Grosso do Sul, até o de Nueva Palmira, no Uruguai, com saída para o Oceano Atlântico.

Além disso, a hidrovia atualmente faz parte do projeto do corredor bioceânico da região que liga o litoral do Atlântico com o do Pacífico na América do Sul através de transporte rodoviário, ferroviário e fluvial.

 


  • É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados

Deixe seu Comentário