Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 13 de Outubro de 2019

Campo Grande

Para valorizar servidor, Prefeitura ofertou mais de 105 mil vagas de capacitações em 2,5 anos

Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS
Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS Capacitações em Campo Grande

Uma das formas de valorizar o servidor é investir continuamente em sua formação e capacitação, priorizando ações que aproveitam as habilidades e conhecimentos de cada um. De forma que a individualidade seja valorizada e aplicada no dia a dia das repartições, melhorando o atendimento e motivando os trabalhadores.

Em 2,5 anos de gestão, a Prefeitura Municipal de Campo Grande investiu cerca de R$ 1 milhão em cursos, palestras, oficinas e workshops. Muitos cursos são feitos em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, com professores doutores ministrando as aulas.

Também foi investido o montante de R$ 17 milhões em atualizações de softwares, hardwares e sistemas para que o trabalho seja mais eficiente e produtivo.

Outra medida, conta o secretário municipal de Gestão, Agenor Mattiello, foi investir no próprio ambiente de trabalho. “Além das capacitações continuadas e dos investimentos em equipamentos, também houve investimentos na melhoria de infraestrutura. Foram cerca de R$ 6 milhões aplicados em reformas e ampliações físicas para dar melhores condições de trabalho aos servidores”, pondera.

A servidora Kelly Cristina Fernandes fez vários cursos de Português, Matemática e Raciocínio Lógico. Ela conta ter finalizado o I Módulo e ter a vontade de concluir os 5 módulos oferecidos pela Escola de Governo de Campo Grande “Luiz Alexandre de Oliveira”, vinculada à Secretaria Municipal de Gestão.

“Eu tinha muita dificuldade em português, errava ortografia, confundia as regras. Agora, meu português melhorou muito, o que, inclusive, facilitou meu dia a dia. O mesmo aconteceu com a matemática e o raciocínio lógico. Eu não entendia, agora não vejo grandes dificuldades. O professor, foi o melhor que já tive”, disse.

Colega de trabalho de Kelly Cristina, a servidora Cláudia Ferreira Muniz de Souza, foi fazer os cursos de Matemática, Inglês e Português por estímulo dela. Apesar de não ter concluído os cursos, ela conta que aprendeu muito e indica para todos.

“Fiz somente 4 meses, porque estava tendo dificuldade com os horários, para acompanhar certinho. Então, acabei desistindo, mas no tempo que fiz aprendi muito. Os cursos são muito bons, os professores extremamente capacitados. Uma oportunidade para quem quer aprimorar o conhecimento”, afirma.

Esta é exatamente a missão da Escola de Governo de Campo Grande. Com duas gerências específicas para a formação dos servidores: Gerência de Educação a Distância – GEDIS, e Gerência de Capacitação Profissional – GECAP, são mais de 30 cursos diferentes ofertados.

Na área de informática são ofertados desde informática básica, a Microsoft Word, Excel, Linux Ubuntu, Corel Draw, Adope Photoshop e Autodesk AutoCAD a Trabalhando em Nuvem com Google Drive e ArcGIS PRO (nuvem).

Nas áreas administrativas, de direito e do ensino, há cursos de: Acessibilidade e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), Previdência Social dos Servidores Públicos – Regime Próprio e Regime de Previdência; Legislação Municipal II – Código de Postura Administrativa; Aperfeiçoamento a Prática de Recreação e Lazer do Ensino; Entendendo os Planos de Cargo, Carreiras e Avaliação de Desempenho, Vigotski VII – Fundamentos e Práticas de Ensino, Redação Oficial e Liderança e Postura no Trabalho.

Há cursos ainda de Educação no Trânsito; Etiqueta no Trabalho; Saúde e Bem Estar do Servidor; Primeiros Socorros; Elaboração de Projetos e Gestão de Convênios e Contratos de Repasse por meio do SICONV; e Sindicância e Processo Administrativo, entre vários outros.

Uma das secretarias que mais investe em formação continuada é a de Educação. Nos dois anos e meio de gestão 163.329 vagas foram ofertadas. Sendo 42.561 na Divisão de Educação Especial, 22.035 na Gerência de Educação Infantil, 2.365 na Divisão de Esporte, Arte e Cultura, 54.476 nas Gerências do Ensino Fundamental e Médio, 19.973 na Divisão de Educação e Diversidade, 6.586 na Divisão de Tecnologia Educacional, 2.606 na Divisão de Avaliação e 11.833 na Coordenação Pedagógica.

Diretora da EMEI Joana Mendes dos Santos, Suely Cristina Soares da Gama, participou de uma formação e diz que o momento de estudos é de grande importância para aprofundar o aprendizado na área da Educação Infantil.

“Dessa forma contribuímos na efetivação do conhecimento de todos os âmbitos da aprendizagem dos alunos”, ressalta.

Já o diretor da escola do campo Oito de Dezembro, Marcio José Martins Ferreira, destaca que o conteúdo discutido nas formações tem transformado as aulas dos professores.

“Toda formação agrega. Discutir sobre tendências e temas relacionados a educação é fundamental e a gente percebe nas atividades elaboradas pelos professores a influência por conta da reflexão que estão fazendo após esses cursos”, afirma.

Para a professora Wany Barbosa de Lima, professora de Artes na EMEI O Bom Pastor, a formação é importante para renovar o conhecimento.

“Nós abrimos a mente para outros pensamentos e ampliamos nosso olhar sobre a Educação. Acredito que também, aos poucos, a sociedade vai entender que nosso trabalho nas EMEIs visa o desenvolvimento da aprendizagem dos alunos e vai além de apenas cuidar das crianças”, ressalta.

As medidas vêm ao encontro do Decreto Municipal de n. 10.237 de 26 de outubro de 2007, que institui o Plano Municipal de Capacitação do Servidor Público Municipal, e os Programas “Apoio ao Desenvolvimento e à Qualificação Profissional” e “Universidade Corporativa de Campo Grande” valorização do servidor público municipal, por meio de sua capacitação permanente.

Para este segundo semestre a Semed já está com inscrições abertas para o terceiro ciclo de formação Reflexões Pedagógicas: diálogos entre teoria e prática.

Um dos pontos mais importantes das formações e capacitações é que possibilitam um estreito laço de vínculos entre servidores, propiciando uma formação de redes de contatos, facilitando suas práticas colaborativas entre os diferentes órgãos da PMCG.

“Os encontros formativos se tornam espaços de trocas e aprimoramento das práticas, no fortalecimento institucional. Quando um servidor público apropria-se de uma formação mais adequada na gestão municipal, torna-se mais engajado, consciente e responsável por suas atribuições. A eficiência no desempenho de suas habilidades, o levará a superar os problemas que surgirem em sua área de atuação, transformando o ambiente laboral”, enfatiza Mattiello.

Para saber sobre os cursos que estão sendo ministrados na Escola de Governo, horários, vagas e demais informações entre em contato na Gerência de Educação à Distância (GEDIS) no telefone (67) 98405-8596 ou na Gerência de Capacitação Profissional (GECAP) no telefone (67) 98457-0953.

Deixe seu Comentário