Campo Grande/MS, 17 de Outubro de 2018

Esportes

Palmeiras vence Atlético-MG em jogo com troca de farpas

Gazeta Esportiva
Foto: Divulgação Campeonato Brasileiro de 2018
Campeonato Brasileiro de 2018

O confronto entre Palmeiras e Atlético-MG, disputado na tarde deste domingo, terminou com troca de farpas entre o atacante Ricardo Oliveira e o zagueiro Edu Dracena. Os dois experientes adversários participaram de um lance chave da partida vencida pelo time da casa no Allianz Parque.

Nos acréscimos do jogo pelo Campeonato Brasileiro, o árbitro Péricles Bassols viu falta de Ricardo Oliveira sobre Edu Dracena na linha do meio-campo. Marcos Rocha levantou na área, Deyverson ajeitou de cabeça e Bruno Henrique, também de cabeça, anotou o gol da vitória.

“A gente protege, o Edu Dracena caiu sozinho. Eu protejo, ele bate e cai. Aí, ele dá falta no lance que sai o gol? Asseguro que não foi falta. Pode ver depois. Estou protegendo uma bola em disputa. Eu protejo, ele bate e cai. É falta? Então, vai ter que apitar um monte de falta. É sempre aqui, né?”, reclamou o atleticano ao Premiere.

Ricardo Oliveira condenou ainda a postura adversária após retomar a vantagem no marcador. “Fez o gol e começou a chutar a bola para fora, praticar o anti-jogo. Aí, eu falei para ele (Dracena) chutar mais uma”, reclamou o veterano, rival do Palmeiras desde os tempos de Santos.

Dracena, habitualmente ponderado, respondeu asperamente. “O Ricardo gosta de fazer gracinha sempre que pega o Palmeiras. Já está em uma idade em que essas picuinhas não valem nada. Eu chutei a bola para cima, já tinha acabado o jogo. Ele fala demais. O Ricardo é um cara que a gente já conhece, um otário. Dá o apito para ele, então”, disse.

Aos 37 anos, o palmeirense lembrou que não costuma se envolver em confusões. “Eu sou bastante respeitado por todo o mundo, porque sou profissional. Ganhei vários títulos e não sou um cara polêmico, de ficar falando bastante. Ele gosta de fazer polêmica, porque fala demais”, afirmou.

Deixe seu Comentário