Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Agosto de 2019

Esportes

Palmeiras e São Paulo definem primeiro finalista neste domingo

Federação Paulista de Futebol
Foto: UOL Deyverson, do Palmeiras, disputa lance com o volante Hudson, do São Paulo.

Palmeiras e São Paulo decidem o primeiro finalista do Paulistão Sicredi neste domingo (7), às 16h, no Allianz Parque. Os donos da casa defendem um retrospecto perfeito diante do rival em sua arena, enquanto os são-paulinos depositam sua esperança na estreia do técnico Cuca, velho conhecido do torcedor palestrino.

Ao todo, Palmeiras e São Paulo já se enfrentaram em sete oportunidades no Allianz Parque e o retrospecto é totalmente favorável aos donos da casa. São sete vitórias em sete partidas, com 21 gols marcados e apenas quatro sofridos.

Apesar dos números a favor, o capitão Bruno Henrique nega o favoritismo. “Na hora que a bola rola, não entram essas questões de tabu, essas coisas. Sabemos que somos fortes em casa, temos que entrar com o mesmo ímpeto, a mesma intensidade. Esse clássico pode nos dar a oportunidade de ir para a final de um campeonato. Temos que fazer por merecer”, disse o jogador.

Prestes a completar 100 partidas com a camisa alviverde, o volante minimizou a estreia de Cuca pelo lado tricolor. “Sabemos a força da nossa equipe em casa. Temos que nos preocupar mais conosco do que com eles. Sobre a chegada de treinador, demora um pouco para implementar o trabalho. Acredito que não vá mudar de uma hora para outra”, completou Bruno Henrique.

Pelo lado são-paulino, o clube do Morumbi terá a estreia do técnico Cuca. Em 2016, o treinador foi o comandante alviverde na conquista do Campeonato Brasileiro. “É o destino, né? Logo na minha volta, um jogo decisivo na casa do Palmeiras, onde fui muito feliz em 2016 e 2017. São coisas que acontecem na nossa carreira, um grande desafio, tomara que a gente possa sair de lá com a vitória”, disse Cuca.

Na atual temporada, o São Paulo coleciona um empate e três derrotas em clássicos. “É uma pressão que existe em cima de ganhar clássicos, mas uma evolução natural que está ocorrendo. Os meninos estão se soltando, ganhando confiança. E as oportunidades, que é o mais importante. Eles vão ter a oportunidade de quebrar o tabu no domingo que vem. Eu não sei o que vai acontecer, mas temos uma oportunidade”, enfatizou o novo comandante são-paulino.



Ficha técnica:

Palmeiras x São Paulo;

Horário: 16h;

Local: Allianz Parque, em São Paulo;



Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza;

Assistente 1: Marcelo Van Gasse;

Assistente 2: Alex Ang Ribeiro;

Quarto árbitro: Lucas Canetto Bellote;

VAR: Rodrigo Guarizo do Amaral;

AVAR 1: Daniel Paulo Ziolli;

AVAR 2: Marcio Henrique de Gois;



Palmeiras: Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Ricardo Goulart; Gustavo Scarpa, Dudu e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

São Paulo: Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Liziero e Igor Gomes; Antony, Everton (Nenê) e Pablo. Técnico: Cuca.

Deixe seu Comentário