Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 18 de Setembro de 2019

Cultura e Lazer

Nova 14 de julho é invadida por desfile, música, dança e teatro no evento Reviva Cultura

Prefeitura Municipal de Campo Grande / MS
Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande Reviva Cultura

Projeto foi pensado para dar um gostinho de “quero mais” para a população campo-grandense com as obras do Reviva Campo Grande

Um evento que reúne economia criativa, música, teatro, gastronomia e moda no espaço que virá a ser um dos pontos mais charmosos e atrativos de Campo Grande, a nova 14 de julho. O Reviva Cultura acontece neste sábado (31), das 9h às 19h, entre as ruas Dom Aquino e Marechal Rondon. Este é um projeto da Prefeitura Municipal, desenvolvido por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) em parceria com o Sebrae e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com apoio da Fundação de Cultura do Governo do Estado. O Reviva faz parte do Plano de Mitigação do Programa Reviva Campo Grande.

De acordo com a secretária municipal de Cultura e Turismo, Melissa Tamaciro, o evento é uma reconceituação da área como shopping a céu aberto, com potencial para estender horário de atendimento e ocupação do espaço pela classe artística, como acontece aos domingos na Avenida Paulista, em São Paulo, e na Calle Florida de Buenos Aires.

“Queremos mostrar para a população, para os artistas e para os comerciantes que o Reviva Campo Grande vai permitir que uma nova fase se inicie, com potencial para um novo olhar da rua como ponto turístico. Queremos que as pessoas vivenciem o andar pelas calçadas, o entretenimento, o lazer, tudo num mix inovador”, pontua a secretária.

Serão 10 horas de programação intensa, começando às 9 horas com apresentações musicais, exposições artísticas, intervenções e dança, ações promovidas em conjunto com artistas independentes, como o DJ e produtor cultural Pablo Pacheco.

Os desfiles são promovidos em parceria com mais de 40 lojistas da região, que encararam o desafio e viram no Reviva Cultura uma grande oportunidade de aproximação com os clientes e público. Quem assume a direção artística é o stylist e editor de moda, Luiz Gugliatto, por meio do Sebrae MS.

“Já havia o sonho de promover um projeto de ocupação no Centro e o Reviva Cultura veio no momento certo. A expectativa dos lojistas é gigante pois já existe o sonho deste desfile se realizar”, pontua Gugliatto.

Luiz Gugliatto busca com os lojistas composições de impacto visual para criar uma identidade inusitada aos desfiles que serão apresentados. “O Centro da cidade é frequentado por pessoas de todos os tipos, de todos os níveis de poder aquisitivo. Temos lojas que vendem jeans até grandes lojas de departamento, por isso esse projeto pensa justamente na pluralidade local, o que vai fazer com que a população acredite mais na força da região”, completa.

O lojista Rafael de Andrade Silva acredita que o evento mostrará para a população um pouco do que o Centro poderá oferecer depois de finalizada a obra do Reviva Campo Grande. “Acredito que um evento desses é muito válido e vejo que as ações em conjunto funcionam, quando as pessoas se conversam por um objetivo em comum a tendência é dar certo”.

A coordenadora do Programa Reviva Campo Grande, Catiana Sabadin, reforça que o evento quer despertar no cidadão o sentimento de pertencimento, que cada um se sinta parte do Centro. “Com a requalificação da via, teremos um espaço mais confortável, bonito e acessível, perfeito para as famílias, para as compras e para um passeio tranquilo. Aliando isso ao lazer e a cultura, fica ainda melhor”.

Para a diretora-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Mara Caseiro, o evento é importante porque já começa a movimentar a 14 de Julho. “O Reviva Cultura resgata esse clima de volta, de movimento, porque a rua 14 de Julho representa toda essa movimentação do comércio e junto de tudo isso mostrar um pouco da nossa diversidade cultural, com o teatro, música, dança, moda, economia criativa, enfim, um momento de importância para Campo Grande e para o comércio em si”, discorre.

O diretor de operações do Sebrae-MS, Tito Estanqueiro, vê no entretenimento a saída para os espaços comerciais. “As ações que unem Economia Criativa e lazer dão um novo ar, assim, acreditamos que a reforma física vai seguir uma reforma de conceito de lugar. Esperamos que a população de Campo Grande receba de forma diferente a cidade após a finalização da obra. E o Sebrae continua pronto para ajudar os pequenos negócios da região”.

A programação segue durante o dia todo, sendo que no início da tarde as crianças poderão se divertir com contação de histórias do projeto Emília Musical, da Biblioteca Municipal de Campo Grande, e peça de palhaçaria do Palhaço Bobolito, a partir das 14h.

Às 15h a programação é dominada pelo grupo da Divisão de Esporte, Arte e Cultura (DEAC), com a peça “História de Todas as Cores”. Finalmente, às 16h, os modelos assumem a passarela a céu aberto.

Depois é a vez dos músicos Adriel Santos, Gabriel de Andrade e Gabriel Basso tocarem jazz de primeira qualidade, característica do grupo El Trio. No pôr do sol, a programação cultural segue com mais um desfile artístico e show de pop rock com a Banda Naip.

O Reviva Cultura conta com atrações complementares na Praça Ary Coelho e com a presença dos confeiteiros itinerantes Kéik Tortinhas e Bruna Souza, além dos desenhistas Gabriel Brito e Rogério Veranis, que estarão na rua 14 de Julho.

A gastronomia também marca presença com um food park composto pelos food e bike trucks Classe A, Café Tamanduá, Kitanda Doceria, KS Burger, A Paraguaia, Carioca Pastel e Mr. Pizza Tomato.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DA RUA 14 DE JULHO:

9h às 12h – Música: – Rafael Sousa; Leonardo de Castro; JP Hokama; Dj Pablo Pacheco; Édipo Ortiz; Terraàvista; Leonardo Andreu (Castelo); LauemSaturno; DJ Giih Almeida; Karol Magalhães; T404; DJ Christopher Richard;  Augustø Galen; Kzulo; Rhaysla Andrade; Raphael Vital; Paulo Caballero; Max Allbann; Beca Rodrigues; Duo VOZ; Aleff Vasques; Daniela de Oliveira; DJ Leonardo Subtil; Eloá.

12h às 13h – Dança: Movimento de Rua; Conexão Urbana; Daniel Andrade; Cia Shamsa; X- Muv; Rede Solidária.

14h às 19h:

14h – Projeto Emília Musical e Palhaço Bobolito;

15h – Peça “Histórias de Todas as Cores”, do grupo Arte DEAC

A partir das 16h – Desfile artístico e conceitual; show do grupo El Trio (jazz);

No pôr do sol – Desfile conceito final; show da Banda Naip (pop/rock);

PROGRAMAÇÃO COMPLEMENTAR NA PRAÇA ARY COELHO:

Das 9h às 19h: Francis; Ylka; Brechomrg; Nathany GMZ; O Gampo; Tess&Biel; Breno Leonel; Sweet Fairy Tale; Arwen Store;  Taparaz (Poesia);  Cena Teatral “Vozes” com Giovanna Zottino e Kiohara;  Berbela Mortiss;  Thalysson Perez.

Deixe seu Comentário