Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 18 de Julho de 2019

Variedades

Morre Paulo Pagni, baterista do RPM, aos 61 anos

Destak Jornal
Foto: Divulgação / Assessoria paulo20pagnijpg.jpg

Paulo Pagni, baterista do RPM, morreu na tarde deste sábado (22), aos 61 anos, por complicações respiratórias decorrentes de uma pneumonia. O músico estava internado há mais de um mês no hospital São Camilo, em Salto (SP).

"Neste momento de dor e de uma certa fragilidade pela perda de uma pessoa tão querida e próxima, estamos buscando forças para não deixar que nada falte para honrar nosso amigo, prestando apoio de todas as formas e providenciando todos os trâmites para que ele possa ser dignamente sepultado ao lado de seus pais em Araçariguama (SP)", escreveu o perfil oficial da banda no Facebook.
No dia 2 de junho, a banda havia anunciado por engano o falecimento do baterista. Um dos integrantes da banda, Fernando Deluqui, afirmou que havia recebido duas informações de confirmação da morte de Paulo Pagni e foi supreendido ao chegar ao hospital e ser informado que o músico estava vivo.

A banda confirmou que irá se apresentar em Garopaba (SC) nesta noite, em respeito ao público e à prefeitura do município catarinense. Os integrantes do RPM viajam a São Paulo no domingo para o velório do baterista. O enterro e o velório ainda não foram confirmados.

Deixe seu Comentário