Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 21 de Agosto de 2019

Últimas Notícias

Morre estudante de medicina que ficou dois meses na UTI após cair de tirolesa em Bonito

Ricardo Freitas, G1 MS
Foto: Camila Melo/Arquivo pessoal O estudante de medicina Diogo de Souza Goldino, de 30 anos

O estudante de medicina Diogo de Souza Goldino, de 30 anos, morreu na noite desta segunda-feira (25) após sofrer um acidente no Balneário Por do Sol, em Bonito, a 289 km de Campo Grande, e ficar dois meses internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), da Santa Casa de Campo Grande.

Em janeiro, Diogo estava passando férias em Bonito com a família quando ocorreu o acidente. De acordo com a mulher dele, Camila Melo, o marido desceu a tirolesa e caiu na parte rasa do lago.

"Era nosso primeiro dia em Bonito, e meu marido é uma vítima. O balneário não tem sinalização de onde as pessoas devem pular da tirolesa e nem uma marcação com a profundidade da água" reclama Camila.

Após a queda, Diogo foi levado para atendimento médico em Bonito, e na sequência, transferido para a Santa Casa. De acordo com o hospital, ele teve uma lesão medular grave e morreu em decorrência de parada cardiorrespiratória.

Além de estudante de medicina, Diego era lutador de Karatê, Muay Thai e Jiu-Jitsu e dava aulas de defesa pessoal.

No dia do acidente, a primeira filha de Diogo de Souza Goldino tinha apenas 43 dias de vida.

"É uma dor muito grande para mim, eu vi tudo, toda a cena. Nós tínhamos muitos sonhos, agora nossa filha vai crescer sem a presença do pai que era tão querido e amoroso", completou Camila. Diego vai ser velado nesta quinta-feira (26) em Campo Grande.



 

Deixe seu Comentário