Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Agosto de 2019

Saúde

Ministro atende reivindicações do prefeito e lança programa inédito e investimentos na saúde

Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS
Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande/MS Reivindicações do prefeito na saúde

A reunião do prefeito Marquinhos Trad com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em Brasília, rendeu bons resultados para Campo Grande. O ministro anunciou que na próxima segunda-feira (22) lançará um programa inédito e novos investimentos para Campo Grande.

“É uma notícia muito importante. Apresentamos projetos e a necessidade de investimento na saúde da nossa Capital. Agora, recebemos uma sinalização positiva do ministro Luiz Henrique Mandetta, que estará em Campo Grande na próxima semana para anunciar este investimento”, declarou o prefeito Marquinhos Trad.

O prefeito, acompanhado pelo senador Nelson Trad, secretário de Saúde do Município, José Mauro Filho, secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, secretário de Saúde do Município, José Mauro Filho, secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, e procurador do Município, Alexandre Ávalo, se reuniu com o ministro Mandetta para solicitar  investimentos para saúde de Campo Grande.

O Município pleiteia junto ao Ministério da Saúde um incremento para custeio de serviços que estão sendo habilitados e qualificados, como as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), Serviço de Atendimento Móvel (SAMU) e Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), entre outros.

Durante o encontro, o ministro anunciou que na próxima segunda-feira (22) lança em Campo Grande o Programa Saúde na Hora. A Capital será a primeira do País a receber o programa e, na ocasião, Mandetta também anunciará investimentos para a Saúde da Capital e, consequentemente, para o Estado de Mato  Grosso do Sul, visto que Campo Grande recebe grande demanda de municípios do interior.

Saúde na Hora

Campo Grande é a segunda cidade do País com o maior número de unidades habilitadas até o momento no programa  ministerial “Saúde na Hora”, ficando atrás somente do Município de Fortaleza -CE, conforme portaria publicada pelo Ministério da Saúde.

O programa Saúde na Hora visa ampliar o acesso da população aos serviços da Atenção Primária, como consultas médicas e odontológicas, coleta de exames laboratoriais, aplicação de vacinas e pré-natal. A iniciativa amplia ainda os recursos mensais a municípios que estenderem o horário de funcionamento das unidades de saúde para o período da noite, além de permanecerem de portas abertas durante o horário de almoço e, opcionalmente, aos fins de semana.

Deixe seu Comentário