Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 17 de Outubro de 2019

Mato Grosso do Sul

Mara Caseiro assume Conselho da Mulher e define pautas com conselheiras

Governo do Estado do Mato Grosso do Sul
Foto: Governo do Estado do Mato Grosso do Sul Conselho da Mulher

 Eleita presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso do Sul (CEDM/MS), a presidente da Fundação de Cultura do Estado, Mara Caseiro, deu início à sua primeira reunião, na manhã de quinta-feira (12), nas dependências da Subsecretaria Especial de Estado de Cidadania. Ela foi escolhida por unanimidade na última reunião ordinária que ocorreu no dia 25 de julho, no mesmo local.

Depois de debaterem algumas das inúmeras demandas que englobam os direitos da mulher, as conselheiras saíram com três pautas definidas. A primeira é o agendamento de uma reunião com o secretário de saúde do Estado, Geraldo Rezende, e os diretores do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) e do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap), para discutir questões inerentes a saúde da mulher.

Em seguida, a presidente e as conselheiras combinaram uma visita técnica ao Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante (Cetremi) na busca de contribuir com o acolhimento de mulheres e meninas que vivem em situações de risco nas ruas. A terceira pauta diz respeito às atividades do “Outubro Rosa”, campanha instituída em Mato Grosso do Sul, por meio de projeto cuja autoria é de Mara Caseiro, enquanto deputada estadual.

Após receber boas-vindas, a presidente agradeceu a importante parceria da Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM/MS) em sua gestão. “Ressalto a importância da união e o respeito às diferenças de opiniões, pois o Conselho tem que estar acima das questões partidárias ou ideológicas. Nossa meta é defender os direitos legítimos da mulher e fortalecê-la para que seja protagonista da sua própria história. Temos um governo que dialoga e nos dá abertura para o debate. Tenho certeza que o governador Reinaldo Azambuja estará sempre disposto a ouvir boas ideias e a investir em novas soluções”, declarou a nova presidente.

Para a subsecretária estadual de políticas públicas para mulheres, Giovana Correa, a reunião foi bem-sucedida. “Nosso primeiro encontro do Conselho com a nova presidente foi extremamente produtivo. Discutimos as demandas do conselho e entre elas surgiram boas propostas de ações que envolvem o cuidado com a mulher. A Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres apresentou propostas como o Outubro Rosa, onde estaremos trabalhando a saúde da mulher e também faremos o Diálogos de Cidadania, trabalhando pautas como o câncer de mama, câncer de colo de útero, ações de prevenção, trazendo especialistas da área”, adiantou Giovana.

Participaram também da reunião as conselheiras Thais Dominato Silva Teixeira, da Defensoria Pública Estadual, Gislaine Vieira de Oliveira, da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Joilce Silveira Ramos, da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, Miriam Pereira dos Santos, do Coletivo de Mulheres Negras do MS “Raimunda  Luzia de Brito”, Valdenice Maria de Oliveira Celeri, do Conselho Regional de Psicologia, Iara Gutierrez Cuellar, da Federação dos Trabalhadores em Educação do MS, Amanda Faria, da Ordem dos Advogados do Brasil e Juliana da Silva Mastroto, da Seleta Sociedade Caritativa e Humanitária.

CEDM/MS

O  Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Mato Grosso do Sul (CEDM/MS) é um órgão colegiado de deliberação coletiva, de composição paritária entre o Governo e a sociedade civil organizada, integrante da estrutura da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica (Segov). Foi instituído pelo Decreto-Lei nº 11, de 1º de janeiro de 1979 e tem por finalidade propor e fiscalizar, em âmbito estadual, políticas públicas para a mulher, assegurando-lhe o exercício pleno de seus direitos, sua participação e integração no desenvolvimento econômico, social, político e cultural.

Texto e fotos: Alexander Onça – Fundação de Cultura de MS – FCMS

Deixe seu Comentário