Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 24 de Agosto de 2019

Mato Grosso do Sul

Limpa Pátio: Lances para leilão de veículos para circulação e sucatas começaram a ser apresentados

Governo do Mato Grosso do Sul
Foto: Governo do Mato Grosso do Sul Leilão de veículos para circulação e sucatas

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) deu início nesta segunda-feira (5) ao período de lances online para veículos de circulação e sucatas, que fazem parte da Operação Limpa Pátio. O certame online ocorre pelo portal Canal de Leilões – -https://www.canaldeleiloes.com/. A captação de lances tem encerramento previsto para às 17h do dia 19 de agosto.

Estão disponíveis 134 veículos para circulação. Destes, 121 motocicletas e 12 automóveis que poderão ser visitados de 5 a 9 de agosto no pátio da Autotran, localizado na Avenida Guri Marques, 7155, bairro Cidade Morena no período entre as 8h30 e às 11h30 e das 13h30 às 16h30.

O edital de sucatas traz 13 toneladas de material ferroso. Os lotes poderão ser arrematados de acordo com as normas do edital, por empresas que atestem as exigências de comprovação do ramo de atividade reciclagem siderúrgica.

Os leilões estão na responsabilidade do leiloeiro oficialmente credenciado pelo Departamento, Pierri Adri e os produtos estão à disposição pelo site www.canaldeleiloes.com.br.

A previsão é de que até o fim do mês de agosto, quatro leilões sejam executados. Dois para veículos de circulação e outros dois para sucatas. Os certames fazem parte da Operação Limpa Pátio, elaborada com o objetivo de desafogar os pátios no Estado onde cerca de 50 mil veículos apreendidos se encontram atualmente.

De acordo com o responsável do setor de leilões do Departamento, Diego Fernando de Arruda Soares, 20 certames estão previstos até o fim do ano, mas ainda não há uma estimativa de quantos veículos estarão disponíveis.

De acordo com ele, conforme acordado com os dez leiloeiros oficiais cadastrados no Detran-MS, para cada leilão de circulação deverá ser lançado também um para sucatas.

Vivianne Nunes

Deixe seu Comentário