Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 23 de Setembro de 2019

Variedades

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta quarta (04)

Correio Braziliense
Foto: Divulgação / Assessoria ajpg.jpg

A morte e a ignorância
Data estelar: Vênus e Netuno em oposição; Lua Vazia das 7h58 até 0h08 desta quinta-feira (5/9), horário de Brasília
Duas coisas importantes a respeito da vida não fazem ainda parte de uma boa educação. A primeira é que a morte, apesar de ser um evento importante da experiência da vida, não é tratada como tal e, por isso, morremos sem saber como aproveitar esse evento. A segunda é que será sempre muito mais o que desconhecemos da vida do que aquilo que imaginamos saber, e isso tem uma aplicação prática muito importante também, porque significa que uma boa parte de nosso tempo tateamos a cegas, não tendo ideia de como chegamos aí, menos ainda como sair da situação. Porém, como seres civilizados que somos, não temos liberdade de aceitar nossa ignorância e vamos pela vida afora fazendo pose de que estamos no domínio, nos cobrindo de razões que ocultem essa ignorância.
ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)
A insegurança não é um estado de ânimo com que sua alma ariana saiba lidar, porém, acontece e já que surge, o melhor a fazer é o administrar com cuidado e sabedoria, sem servir de suporte para medidas drásticas.
TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)
Tudo é atraente neste momento, tudo sedutor, porém, é melhor manter a cabeça no lugar e não se distrair, porque além de não ser ouro tudo que brilhar, o assunto é se concentrar no que seja possível realizar de imediato.
GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)
Ainda que do futuro você tenha apenas uma imagem vaga e imprecisa, assim mesmo será necessário se agarrar a ela como o seguro salva-vidas que está disponível. O tempo de transição é sempre bastante difícil.
CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)
Gestos comunicarão mais hoje do que todos os argumentos que, com toda a boa vontade do mundo, você arvoraria na tentativa de esclarecer. Gestos remetem a emoções e essas são sempre absolutas, não deixam lugar a dúvidas.
LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)
Ande pelo terreno mais seguro possível, resista às propostas sedutoras que trariam resultados maravilhosos com pouco investimento de sua parte. Isso é irreal e precisa ser deixado de lado, para que não atrapalhe.
VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)
Procure ser realista, mas sem rejeitar sumariamente aquilo que o mundo onírico trouxer à sua consciência. É necessário encontrar um ponto de equilíbrio entre a chatice realista e a fantasia desmedida dos sonhos.
LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)
Está tudo muito confuso, porém, não tire conclusões a esse respeito nem muito menos defina qualquer perspectiva futura sobre os acontecimentos atuais. Este é um momento que passará e não deixará rastros.
ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)
De início, todo mundo fica bastante tímido diante do cenário que precisa ser organizado, porém, quando as pessoas comecem a se sentir à vontade surgirão as discordâncias, porque terão o direito de ter a última palavra.
SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)
Algumas questões podem ser organizadas previamente e se ater a esses planos será a melhor pedida. Porém, isso não há de fazer com que você deixe de aproveitar as coincidências que ocorrerem e que poderiam ajudar.
CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)
Palavras sedutoras todo mundo dirá, porém, este é um momento no qual a simpatia dessa sedução precisa ser dosada com bastante realismo, porque só assim a situação trará resultados satisfatórios a você.
AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)
Faça caber seus desejos dentro das circunstâncias atuais, porque neste momento a estratégia melhor será se adequar ao que acontece, em vez de forçar tudo para estabelecer um avanço que não seria pertinente. É assim.
PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)
Em certo momento sua alma começa a desconfiar de que, mais uma vez, toda a dinâmica entusiasta deste momento seria fogo de palha, que se extinguirá como tantas outras vezes aconteceu. Só o tempo e o esforço dirão.
Oscar Quiroga
 
 

Deixe seu Comentário