Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 16 de Setembro de 2019

Variedades

Horóscopo do dia: confira o que as estrelas revelam para este sábado (17)

Correio Braziliense
Foto: Divulgação / Assessoria httpariquemesonlinecombrimg367221ghoroscopojpg.jpg

No radar do universo
Data estelar: Lua míngua em Peixes
Quando fizeres a revolução de tirar o centro do Universo de teu umbigo, perceberás conjuntos de experiência muito mais amplos e inclusivos daqueles que te acostumaste a ter como realidade. Ampliando tua percepção verificarás que os desejos que inventas para ti são uma visão muito particular e que, por isso, funciona abaixo do radar do Universo, não havendo nada em sua estrutura para te ajudar, a não ser os recursos intelectuais, emocionais e físicos que tua individualidade possui. Não tentes dar aos teus desejos uma dimensão universal, isso é uma aberração, apenas assume a legitimidade de tua individualidade e tenta obter satisfação. Agora, se queres universalizar tua presença, atende ao suprimento de necessidades do conjunto maior a que tua presença está integrada. Assim entrarás no radar do Universo.
ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)
Há muita coisa que merece reflexão sincera e profunda de sua parte, procurando não carregar peso morto do passado para dentro de situações atuais que não as comportam. Livre-se o quanto antes desse peso morto.
TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Os encontros que acontecem fora da programação, por essas coisas da vida que chamamos de coincidências, trazem consigo um sentido novo à sua vida e brindam com alívio. Procure circular por aí para tudo isso acontecer.
GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)
Agora se abre um canal de comunicação com os mundos que a lógica humana não alcança e que, por isso, quando aparecem, provocam situações engraçadas, se o seu humor estiver bom, mas irritantes, em caso de mau humor.
CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)
O espírito de aventura surge do fundo da alma a atiçar você para que se envolva em algo que seja diferente do que já tiver sido experimentado. Viver é uma aventura constante, mas nem sempre apreciada assim.
LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)
Investigue tudo que atiçar sua curiosidade, evite confiar ou desconfiar sumariamente, porque tudo que acontece agora faz parte de um cenário para lá de complexo e, por isso, deixa todas as pessoas desorientadas.
VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)
Relacionamentos não acontecem por si sós, é necessário os distinguir de encontros, esses sim acontecendo aleatoriamente. Relacionamentos são construções que as pessoas fazem intencionalmente, porque querem.
LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)
Dedique-se às tarefas da vida cotidiana com o maior gosto possível, porque encontrará nessas a perspectiva de acrescentar qualidade ao seu dia a dia. O melhor está ao alcance de sua mão, observe e aja.
ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)
Dá para aceitar toda a complexidade do momento atual e não apenas não se irritar com isso, como se divertir também. Por isso, o mais importante deste momento é que você preserve a leveza e o melhor humor possível.
SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)
Faça o necessário para agregar conforto aos ambientes onde você passa a maior parte do tempo. Arrume esses lugares para que brindem com beleza e bem-estar. Você verá que isso trará resultados surpreendentes.
CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)
Para você capturar a magia que circula à solta por aí, será necessário sair da toca, porque enquanto você se esconde, coisas maravilhosas acontecem, mas passam despercebidas. Saia à rua, entre em contato.
AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)
Ande pelo caminho mais seguro possível, agora é o momento de você pensar em si e arrumar tudo de acordo com suas necessidades. Depois você poderá voltar a pensar nos outros, naqueles que nem sempre retribuem devidamente.
PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)
Tomar algumas iniciativas é imperativo, porque mesmo que você não tenha total clareza sobre o que seria melhor fazer, neste momento prefira cometer erros do que nada fazer. Erros podem ser consertados, a inação não.
 Oscar Quiroga
 
 

Deixe seu Comentário