Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Outubro de 2019

Política Regional

Governo Presente: prefeitos do Pantanal, Sudoeste e Serra da Bodoquena querem conexão rodoviária

Governo do Estado do Mato Grosso do Sul
Foto: Governo do Estado do Mato Grosso do Sul Governo Presente

Principais demandas das regiões já estão no planejamento do Executivo Estadual, revelou Reinaldo Azambuja 

 Chegou ao fim nesta sexta-feira (4) a terceira etapa do programa Governo Presente, que leva a estrutura administrativa do Estado para atendimento de prefeitos e outras lideranças no interior de Mato Grosso do Sul. Nesta edição, realizada em Aquidauana com 16 municípios do Pantanal, Sudoeste e Serra da Bodoquena, as principais demandas apresentadas ao governador Reinaldo Azambuja foram na área da infraestrutura.

“É muito importante quando a gente dá essa atenção, ouve os municípios, elenca as prioridades e programa aquilo que o Estado vai poder executar em cada uma dessas cidades, em parceria. O principal pedido dessa região é a conexão de estradas, mas também temos outros. Um quer concluir hospital, outro recapeamento, alguns saneamento. Isso mostra a diversidade que existe”.

Entre as solicitações apresentadas nas áreas de integração e infraestrutura estão a restauração da rodovia que liga Anastácio a Bonito, passando pelo distrito Águas de Miranda; a recuperação da rodovia que conecta Bonito a Guia Lopes da Laguna; e demais conexões rodoviárias no Pantanal. “Muitos desses pedidos já estão no planejamento”, explicou o governador.

“Já estamos interligando o Pantanal da Nhecolândia ao Pantanal do Paiaguás e ao Pantanal do Nabileque. Essas regiões extensas eram praticamente impossíveis de visitar por rodovia e hoje têm estradas que não são pavimentadas, mas tiveram toda a implantação com condições aos hotéis fazendas, passeios turísticos e integração da região”, completou.

A pavimentação da BR-419, executada pelo Governo Federal, que sai de Aquidauana e chega até Rio Verde de Mato Grosso, foi outro pedido apresentado pelos prefeitos, pois margeia toda a Serra de Maracaju e é aspecto importante para o desenvolvimento do turismo. O governador reafirmou que já trabalha para que a União libere recursos e conclua a obra. Sobre Bonito, Reinaldo Azambuja destacou que a pavimentação da MS-382, da cidade até a Gruta do Lago Azul, está em fase de licitação.

A meta do governador de Mato Grosso do Sul é criar uma rota rodoviária estadual de 1.000 Km e integrar os municípios do Pantanal, desde as regiões Norte (Sonora, Coxim, Rio Verde e Rio Negro), Oeste (Aquidauana, Miranda e Corumbá) e Sul (Porto Murtinho), com conexão a Bodoquena, Bonito e Jardim, principais destinos de ecoturismo. Esse corredor de produção pecuária e ecologia deve ser concretizado neste mandato do governador.

Três edições e 43 cidades

Reinaldo Azambuja vem desde o mês passado colhendo demandas municipais dentro do Governo Presente. O objetivo é traçar investimentos futuros nas áreas de desenvolvimento, infraestrutura, educação, saúde e segurança.  Com o fim da terceira fase do programa, prefeitos, vereadores e demais lideranças de 43 cidades do Bolsão, Norte, Pantanal, Serra da Bodoquena e Sudoeste foram atendidos. Nas próximas semanas o Governo Presente reunirá municípios das regiões da Grande Dourados e de Naviraí.

Deixe seu Comentário