Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 23 de Setembro de 2019

Esportes

Galo goleia Flu e sobe à vice-liderança

Redação TerereNews
Foto: rogerguedes rogerguedes

Em partida eletrizante no Independência, mineiros são mais efetivos e conseguem superar os cariocas no Horto

Teve de tudo no Independência. Intensidade, falhas defensivas e sete gols. O Atlético-MG mostrou sua força dentro de casa, venceu o Fluminense por 5 a 2 e subiu para a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Os gols do Galo foram marcados por Leonardo Silva, Roger Guedes, duas vezes, Tomás Andrade e Ricardo Oliveira. Gilberto e Pedro descontaram para os cariocas. Agora, os mineiros terão pela frente o Ceará, antes da parada para a Copa do Mundo. O Tricolor, que não vence há quatro jogos, recebe o Santos, no Maracanã.

Por: Lance

Equipes com mudanças

Abel Braga escalou um Fluminense modificado no Horto. Renato Chaves e Gum não foram a campo, em função de desgaste muscular. Sornoza, pelo mesmo motivo, começou no banco. O treinador, no entanto, recebeu Ayrton Lucas e Pedro, recuperados de lesões. O Galo também iniciou a partida com surpresas: Luan, com desgaste, deu lugar ao argentino Tomás Andrade. Outra novidade foi a presença de Fábio Santos, que voltou após cumprir suspensão. Além deles, os donos da casa tiveram Kaio Fonseca à beira do campo no lugar de Thiago Larghi, que estava suspenso.

Duelo eletrizante no Horto

O Galo usou a receita recorrente dentro de casa. Posse de bola e pressão ao rival no campo de ataque. O Tricolor, fechado, buscava encontrar espaços para agredir o adversário. A estratégia deu certo aos 28 minutos. Em descuido do adversário em cobrança de escanteio, Gilberto apareceu livre dentro da área e escorou - de ombro - para estufar a rede de Victor. A alegria durou pouco. Em bola levantada na área dos cariocas, o Galo chegou ao empate com Leonardo Silva, aos 31. O zagueiro recebeu em posição duvidosa e não perdoou.

Conte com os artilheiros

Roger Guedes precisou de poucas oportunidades para balançar as redes. Infernizando a defesa do Fluminense, o camisa 23 mostrou toda sua classe. Aos 45 minutos, depois de bola alçada na área, a bola sobrou limpa para o atacante, que mostrou recurso para colocar no ângulo de Júlio César, sem chances de defesa. Golaço.

Se Roger Guedes tem a missão de decidir para o Galo, Pedro tem a mesma tarefa na equipe de Abel Braga. Depois de cruzamento de Richard, nos acréscimos, o camisa 9 aproveitou a falha de Patric e também deixou sua marca, somando seu sexto gol na competição.

Argentino sai recompensado

A segunda etapa começou da forma frenética dos 45 minutos iniciais, com chances criadas pelas equipes. Quem teve a primeira foi Pedro, que recebeu livre dentro da área, acertou um voleio, mas a bola foi por cima do gol. A resposta do Galo foi imediata. Tomás Andrade chutou de fora da área, a bola bateu na trave, no corpo de Júlio César, e voltou para o goleiro tricolor. Na sequência, o argentino - que começou como titular - foi recompensado. Ele aproveitou o rebote na entrada da área para virar para o Atlético-MG.

Dupla decide com golaçoes

O Fluminense até tentou entrar mais vezes no campo de ataque, mas o Galo mostrou que tem um ataque letal e matou a partida. Ricardo Oliveira, depois de bela cobrança de falta, e Roger Guedes, que anotou outro golaço nos acréscimos, deu números finais a partida no Independência.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 5 X 2 FLUMINENSE

Estádio: Independência, Belo Horizonte (BH)

Data-hora: 10/6/2018, às 16h

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Público/Renda: 14.476 / R$ 246.095,00

Cartões amarelos: Matheus Alessandro, Ibañez (FLU); Gustavo Blanco, Róger Guedes (ATM)

Cartões vermelhos: —

Gols: Gilberto, 28'/1ºT (0-1); Leonardo Silva, 34'/1ºT (1-1); Róger Guedes, 45'/1ºT (2-1); Pedro, 47'/1ºT (2-2); Tomás Andrade, 18'/2ºT (3-2); Ricardo Oliveira, 41'/2ºT (4-2); Róger Guedes, 49'/2ºT (5-2)

ATLÉTICO-MG: Victor, Patric, Leonardo Silva (Bremer - 43'/1ºT), Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Gustavo Blanco (Elias - 39'/2ºT), Tomás Andrade e Cazares (Luan - 14'/2ºT) ; Róger Guedes e Ricardo Oliveira. Técnico: Kaio Fonseca

FLUMINENSE: Júlio César, Ibañez, Nathan Ribeiro e Luan Peres; Gilberto (Sornoza - 25'/2ºT), Douglas, Jadson, Richard e Ayrton Lucas (João Carlos - 33'/2ºT); Matheus Alessandro (Pablo Dyego - Intervalo) e Pedro. Técnico: Abel Braga

Deixe seu Comentário