Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 20 de Agosto de 2019

Mato Grosso do Sul

Fórum nacional promovido pelo Governo do Estado reúne gestores na Capital

Governo do Mato Grosso do Sul
Foto: Governo do Mato Grosso do Sul 7° Fórum Regional de Fortalecimento da Rede + Brasil – etapa MS

Nas palavras do secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, mudanças conceituais estão acontecendo em Mato Grosso do Sul, inserindo o Estado num processo de modernização que traz resultados satisfatórios pela postura e comprometimento da gestão Reinaldo Azambuja em saber conciliar responsabilidade, qualificação e inovação.

Riedel falou sobre esse posicionamento e o esforço do Governo do Estado para remodelar o processo de desenvolvimento, durante o 7° Fórum Regional de Fortalecimento da Rede + Brasil – etapa MS, promovido pelo governo em parceria com o Ministério da Economia e Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), realizado nesta quarta-feira (14.8), no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande.

O evento reúne mais de 600 gestores de diferentes regiões do País e tem como foco fortalecer a integração entre os parceiros da plataforma, abordar a importância da governança sobre diferentes perspectivas, assim como inovações nas transferências de verbas da União, modernização na gestão do governo e um panorama na captação de recursos.

“O país atravessa um momento difícil e rediscutir modelos é fundamental para avançarmos. É claro que essas mudanças trazem consequências, mas precisamos refazer conceitos administrativos sob pena de ficarmos para trás. É sempre importante rever práticas para melhorar nossa eficiência como gestores”, explicou

Conforme o coordenador da plataforma em MS, Luiz Carlos Morente, Mato Grosso do Sul é recordista em projetos firmados com o Governo Federal no período 2015/2017 e um superlativo de 249 convênios aprovados pela União, que garantem repasses de verbas a serem destinadas para as áreas de saúde, saneamento e infraestrutura.

“Quando pensamos em trazer esse fórum para Campo Grande, foi com o intuito de auxiliar na gestão através da integração e compilação de boas práticas de gestão, visando o aprimoramento organizacional, ao aperfeiçoamento dos fluxos e práticas, e o aumento da capacidade de geração de valor”, definiu Morente.

Para o coordenador geral de Atendimento do Ministério da Economia, Edércio Marques Bento, chegou a hora da formação de uma nova consciência sobre os limites dos governos e de suas atribuições. Nesse sentido, capacitar gestores torna-se fundamental para imprimir o novo modelo de trabalho.

“Estamos trabalhando para o Brasil avançar. No País, já foram capacitadas mais de 7 mil pessoas pela plataforma, o que significa uma melhora na gestão dos recursos. Em tempos difíceis, é importante deixarmos de lado as diferenças ideológicas e focar no progresso do Brasil e esse evento também cumpre esse papel com a troca de experiência nesse ambiente de inovação“, frisou Bento.

Já o presidente da Assembleia Legislativo do Estado, deputado estadual Paulo Corrêa, enalteceu o comprometimento do governador Reinaldo Azambuja e do secretário Eduardo Riedel com um modelo de gestão focado na capacitação e qualificação.

“Quero parabenizar a gestão do Reinaldo e o empenho do Riedel que trabalham com o foco voltado para a modernização e sabem direcionar recursos. Uma gestão para funcionar bem precisa ser arrojada e trabalhar com capacitação, tecnologia e o Governo do Estado sabe muito bem como fazer isso”.

O evento nacional prossegue até amanhã no Centro de Convenções, com discussões e debates a respeito da atualização de governos e prefeituras sobre a plataforma Rede Mais Brasil.

Alexsandro Nogueira – assessoria de comunicação da secretária de Governo e Gestão Estratégica (Segov).

Fotos: Saul Schramm

Deixe seu Comentário