Campo Grande/MS, 15 de Outubro de 2018

Destaques

Em encerramento de visita técnica, diretor destaca importância para tomadas de decisões

Redação TerereNews
Foto:

Campo Grande (MS) – Encerrou na tarde dessa terça-feira (24.10), a visita técnica e comercial do Conselho Administrativo da Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGÁS) ao município de Três Lagoas com uma reunião do Conselho.

Durante a finalização dos trabalhos, o diretor-presidente da Companhia, Rudel Trindade Junior, destacou a importância da visita para os conselheiros, que são os tomadores de decisões na MSGÁS. “Três Lagoas representa 97% da nossa distribuição de gás natural no Estado, então, conhecer o município, o potencial econômico, os principais clientes e as tecnologias usadas na rede de distribuição trazem uma melhoria na análise dos nossos investimentos e custeios”.


Os conselheiros conheceram as instalações da tubulação de gás natural que atravessa a ponte do rio Sucuriú.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A visita técnica e comercial teve início na segunda-feira (23) e dentro da programação os conselheiros conheceram as instalações da tubulação de gás natural que atravessa a ponte do rio Sucuriú, da estação de gás que atende a empresa Eldorado Celulose e ainda realizaram uma visita à Fibria.

Na Fibria os conselheiros percorreram as instalações da unidade Novo Horizonte 2 e realizaram um bate-papo onde foram apresentados os números da nova linha de produção de celulose. Com a nova unidade, que recebeu investimentos da ordem de R$ 7,5 bilhões, a capacidade da empresa passou a produzir mais de 7 milhões de toneladas de celulose por ano. “Essa visita foi fundamental para que os conselheiros tivessem um amplo conhecimento do mercado”, concluiu o diretor técnico e comercial da MSGÁS, Bernardo Prattes.

Além da diretoria-executiva da empresa de gás composta por Rudel Trindade, Rui Pires dos Santos e Bernardo Prattes, fazem parte do Conselho Administrativo, o secretário de Estado de Infraesturutra e presidente do Conselho, Ednei Marcelo Migliol; o secretário-adjunto da mesma pasta, Helianey Paulo da Silva; e Marcelo Augusto Viana Sant`Anna e Marco Francesco Patriarchi, ambos da Gaspetro, que detém 49% das ações da Companhia.

Texto e fotos: Raquel Pereira – Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGÁS)

 

 Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Deixe seu Comentário