Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 17 de Outubro de 2019

Mato Grosso do Sul

Detran-MS apresenta simulador de embriaguez durante o Reviva Cultura no último sábado

Governo do Estado do Mato Grosso do Sul
Foto: Governo do Estado do Mato Grosso do Sul simulador de embriaguez

O setor de educação do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) esteve presente no evento Reviva Cultura  no último sábado (31), que atraiu um público de aproximadamente de 5 mil pessoas. O evento reuniu economia criativa, música, teatro, gastronomia e moda com a proposta de despertar o sentimento de cada cidadão de querer fazer parte dessa região que está passando por uma grande revitalização.

O Reviva faz parte do Plano de Mitigação do Programa Reviva Campo Grande e  é desenvolvido pela Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) em parceria com o Sebrae e o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), com apoio da Fundação de Cultura do Governo do Estado.

Na ocasião o órgão  apresentou a população os óculos simuladores de embriaguez com uma atividade de circuito. O equipamento possui dois tipos de lentes que demonstram os efeitos da bebida alcoólica em baixo e alto teor,  abordando os riscos de ingerir bebida alcoólica associado a condução de veículo automotor e também  orientaram a população sobre o uso correto da bicicleta na rua e seus equipamentos.

A assistente de atividades de trânsito, Noemia Rodrigues, comenta que é visível o impacto que os cidadãos tem ao realizar a atividade. “Quando colocavam os óculos o comportamento mudava, e muitos comentários eram como realmente é muito sério e arriscado dirigir sobre a influência do álcool”, comenta.

Conforme a diretora de Educação para o Trânsito, Elijane Coelho, é muito importante participar de eventos desse porte, principalmente com o simulador de embriaguez, pois proporciona às pessoas a reflexão sobre álcool e direção. “Campo Grande é uma cidade linda, está ficando cada vez melhor, e merece que seus condutores sejam conscientes. O compromisso do Departamento é com a mudança de cultura: é possível se divertir sem colocar a vida das pessoas em risco”, concluiu.

Viviane Freitas

Deixe seu Comentário