Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 17 de Outubro de 2019

Campo Grande

Depois da Pista Internacional de Atletismo, Campo Grande poderá receber piscina olímpica

Prefeitura Municipal de Campo Grande
Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande Campo Grande receberá piscina olímpica


O prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad e membros do governo municipal reuniram-se com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, na tarde desta sexta-feira (20). Na reunião, realizada no paço municipal, foram apresentados projetos estruturantes para Campo Grande, entre eles: a construção da piscina olímpica no Parque Ayrton Senna e a implementação de placas fotovoltaicas nas unidades habitacionais em construção na capital.

Durante o encontro, foi apresentado ao presidente Pedro Guimarães, a intenção em viabilizar recursos para a construção da piscina olímpica no Parque Ayrton Senna, local em que a Pista Internacional de Atletismo já se encontra em fase final de construção.

Para o diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra, a implantação da piscina transformaria o Parque Ayrton Senna em um centro olímpico de excelência nacional e internacional. “Mato Grosso do Sul não possuí nenhuma piscina olímpica e, por conta disso, diversos eventos foram impossibilitados de serem realizados em Campo Grande. Hoje, o parque já atende a comunidade do bairro Aero Rancho, a mais populosa da capital, com 88 oficinas de esporte e lazer em 31 modalidades diferentes. Nossa proposta é construir uma piscina olímpica ao lado do complexo aquático, transformando esse espaço num centro de excelência esportiva”, detalhou o diretor-presidente da Funesp.

O prefeito Marquinhos Trad destacou a parceria entre o município e a Caixa. “É uma satisfação receber o presidente da Caixa em nossa Capital. Já temos parceria com a Caixa em diversas obras significativas para nossa cidade, que estão melhorando a vida dos moradores das sete regiões do município. Passamos por momentos de extrema dificuldade, mas hoje, felizmente, estamos caminhando junto com parceiros como a Caixa rumo ao desenvolvimento. Assim garantindo um futuro melhor para os campo-grandenses”, disse o prefeito.

Também foram discutidos projetos na área da habitação. O diretor-presidente da Emha, Enéas Netto, apresentou aos representantes da caixa projeto para redução de custo de energia nas unidades habitacionais de Campo Grande. “A princípio, esse projeto atenderia as famílias da antiga Cidade de Deus. Com as placas ou coletores solares captando a energia da luz do sol e convertendo em energia elétrica, essas pessoas em situação de vulnerabilidade teriam redução de custo nas contas de energia elétrica”, disse Enéas Netto.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, ressaltou a importância da instituição na parceria com os municípios. “A Caixa busca nessa nova fase atender aos projetos que beneficiem famílias em situação de vulnerabilidade, assim como pessoas com deficiência e de baixa renda. Mas não só isso, na nossa atual gestão, estamos incentivando políticas públicas que englobam questões ambientais”, concluiu

Na manhã de sábado (21), Pedro Guimarães visitará a Pista Internacional de Atletismo do parque Ayrton Senna, entre outras obras. Na reunião, estiveram presentes o presidente da Câmara Municipal, Professor João Rocha; o secretário municipal de governo e relações institucionais, Antônio Cézar Lacerda; Catiana Sabadin, Coordenadora da Central de Programas e Projetos; o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos da Capital, Rudi Fiorese e o Secretário de Finanças de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto.


Deixe seu Comentário