Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Agosto de 2019

Saúde

Crianças que irão viajar para áreas de surto de Sarampo devem se vacinar contra a doença

Prefeitura Municipal de Campo Grande / MS
Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande vacinar contra Sarampo

Pais com crianças de idades entre seis meses e um ano que irão viajar para áreas que estão com surto ativo de sarampo deverão reforçar a vacinação de seus filhos. A orientação é do Ministério da Saúde, que ainda alerta para o prazo que a imunização leva para surtir efeito.

Com casos em 43 municípios, o reforço vacinal tem como intenção evitar uma maior proliferação da doença pelo país. Em Campo Grande, o último caso registrado de Sarampo foi em 2011, quando uma turista francesa, que foi infectada fora do país.

Para os pais que irão viajar com seus filhos para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro ou Pará, a orientação é que leve a criança, maior de seis meses e menor de um ano de idade, até uma Unidade Básica de Saúde (UBSs ou UBSFs) quinze dias antes da data do passeio para tomar dose da tríplice viral. Clicando aqui você terá acesso a relação de municípios com surto de vírus ativo da doença.

Nesses casos, os pais devem permanecer alertas ao calendário nacional de vacinação, já que essa dose não será validada caso esteja fora do prazo. Quando completar doze meses a criança deve comparecer novamente à unidade de saúde para tomar a dose programada da vacina tríplice viral e, aos quinze meses, a da tetra-viral, que já estão planejadas no cronograma.

Campo Grande possui atualmente mais de 98% das crianças vacinadas contra o sarampo, acima da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. A dose da tríplice viral está disponível em qualquer uma das 69 UBS e UBSF da cidade e quem nunca foi tomou nenhuma dessas vacinas também pode comparecer à unidade de saúde com a Caderneta de Vacinação, o Cartão do SUS ou o prontuário da Rede Municipal de Saúde para receber a imunização.

Deixe seu Comentário