Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 17 de Setembro de 2019

Manchete dos Jornais

Confira as manchetes dos principais jornais do país hoje

EBC
Foto: Divulgação / Assessoria manchetesjpg.jpg

24 de julho de 2019

O Globo

Manchete: PF prende 4 suspeitos de hackear celular de Moro

Possível ligação com vazamento de conversas de Deltan será investigada

A Polícia Federal prendeu ontem quatro pessoas suspeitas de invadir contas no aplicativo de troca de mensagens Telegram do ministro da Justiça, Sergio Moro, do desembargador do TRF-2 Abel Gomes e de mais três autoridades. A Operação Soofing, assim chamada em referência ao método que teria sido utilizado pelo grupo, como explica Pedro Doria, foi realizada em São Paulo. A PF investiga se os presos, três homens e uma mulher, tiveram relação com o vazamento de conversas do procurador Deltan Dallagnol, da Lava-Jato. Página 4

 

FGTS: saque de R$ 500 por cada conta ativa ou inativa

A liberação de saques do FGTS, que será anunciada hoje pelo governo, permitirá que o trabalhador retire este ano até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa. Para 2020, o percentual de saque deve variar de 10% a 35% do saldo. Previsão é que a medida injete R$ 42 bilhões na economia. Página 17

Mudança em fundo trava setor do audiovisual

O governo anunciou ontem que pretende mudar a administração do Fundo Setorial do Audiovisual, de R$ 724 milhões, da Ancine para o Ministério da Cidadania, com a intenção de aplicar os “filtros” de que fala o presidente Jair Bolsonaro. O setor está praticamente parado em 2019. Segundo Caderno

 

Bolsonaro no Nordeste: ‘Somos todos paraíbas’

Em sua primeira viagem a um estado nordestino depois de se referir aos governos da região como “de paraíba’’, o presidente Jair Bolsonaro disse, ao inaugurar o Aerorporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista (BA), que ama o Nordeste. “Somos todos paraíbas’’, afirmou. Página 8

Planos individuais de saúde terão reajuste de 7,35%

A ANS autorizou as operadoras a reajustar os planos de saúde individuais em no máximo 7,35%, o menor percentual dos últimos nove anos. Ainda assim, o aumento fica bem acima da inflação de 2018 medida pelo IBGE, que foi de 3,75%. Índice do reajuste não agradou às operadoras. Página 18

 

Anvisa altera critério para agrotóxicos

Nova resolução estabelece que apenas os produtos que,em caso de ingestão, tragam risco de morte serão rotulados como “extremamente tóxicos”. Página 26

 

Merval Pereira

Lapsos verbais prejudicam Bolsonaro Página 2

Elio Gaspari

Chamar general de ‘melancia’ é um despautério Página 3

 

Bernardo Mello Franco

Os expurgos nos conselhos Página 6

 

Guga Chacra

O papel crucial de Boris Johnson para o Brexit Página 24

 

------------------------------------------------------------------------------------

O Estado de S. Paulo

Manchete: Suspeitos de invadir celulares de Moro e Deltan são presos

Três homens e uma mulher foram detidos pela PF; Joice Hasselmann e Paulo Guedes podem ter sido hackeados

Operação da PF prendeu ontem quatro suspeitos de invadir os celulares do ministro Sérgio Moro (Justiça) e do coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná, Deltan Dallagnol. Gustavo Santos, que trabalha com shows e eventos, e sua mulher, Suellen Priscila de Oliveira, foram presos em SP. Em Araraquara, a PF prendeu Walter Delgatti Neto. Um suspeito preso em Ribeirão Preto não teve a identidade divulgada. Supostos diálogos mantidos entre Moro e Dallagnol foram vazados e publicados pelo site The Intercept. Eles não reconhecem a autenticidade das mensagens. Outras autoridades também teriam sido alvo dos supostos hackers. No mandado de busca, são mencionados um desembargador, um juiz e dois delegados da PF. A polícia também vai investigar suposta invasão dos telefones da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) e do ministro Paulo Guedes (Economia). Política/pág. A4

 

Sem inquérito

O diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, informou ao STF - em resposta a ação da Rede - que não há inquérito aberto para apurar a conduta do jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept. Pág. A4

 

100% do lucro do FGTS será repartido entre trabalhadores

O governo vai dividir integralmente o rendimento de R$ 9,5 bilhões, obtido com o FGTS, entre os trabalhadores. Atualmente, por lei, apenas metade do lucro do fundo é repartida entre os cotistas - no ano passado, foram, em média, R$ 38 por conta. O ministro Paulo Guedes confirmou ontem que os saques nas contas poderão ser feitos todos os anos. Economia/Págs. B1 e B3

 

Por R$ 9,6 bi, Petrobrás deixa controle da BR Distribuidora

A Petrobrás concluiu ontem a venda de ações da BR Distribuidora por R$ 9,6 bilhões. Com isso, a fatia de 70,3% que a petroleira detinha na companhia caiu para 37,5%. A compra teria sido feita sobretudo por investidores estrangeiros. A Petrobrás levantou, em j unho, US$ 8,5 bilhões com a venda da TAG, transportadora de gás. Economia/Pág. B12

 

Governo quer reduzir preço do gás em até 40%

O governo lançou ontem programa para reduzir o preço do gás em até 40% em dois anos. A ideia é incentivar investimentos e aumentar o número de empresas do setor. Outra proposta, ainda em estudo, libera a compra de recipientes parcialmente Cheios. Economia/Pág. B4

 

Partidos planejam mudar regra e ter menos candidatas

Líderes na Câmara discutem o abrandamento das regras de participação feminina em eleições. Uma das ideias é reduzir de 30% para 10% o mínimo obrigatório de candidatas ao Legislativo. Outra proposta prevê o fim das punições às legendas que não cumprirem a cota. Política/ Pág. A8

 

Anvisa muda critérios para agrotóxicos Economia/Pág. B8

Dodge indica novo procurador na Zelotes Política/Pág. A6

Vera Magalhães

A decisão de Bolsonaro de indicar o filho para embaixada encarece a tramitação da reforma da Previdência no Senado, política/ pág. A6

 

Leandro Karnal

Nunca saberei se estive diante de alguém com incontinência gasosa ou uma pessoa agraciada por forças superiores. caderno2 / pág. C6

 

Notas & Informações

O Tesouro arrastado na crise

Com negócios emperrados e longas filas de gente em busca de emprego, a arrecadação é fraca e está difícil conter em R$ 139 bilhões o buraco das contas da União. Pág. A3



O INSS e as Justiças estaduais

Dispositivo da reforma da Previdência prejudica segurados das cidades mais pobres. Pág. A3

 

------------------------------------------------------------------------------------

Folha de S. Paulo

Manchete: PF prende quatro suspeitos de hackear Moro e Deltan

Órgão não confirma se grupo está ligado a vazamento de diálogos da Lava Jato

A Polícia Federal prendeu ontem três homens e uma mulher sob suspeita de hackear telefones de autoridades, incluindo o ministro da Justiça, Sergio Moro, e Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Operação Lava Jato. Não foram divulgados detalhes da investigação.

A Folha apurou que a PF chegou aos suspeitos, nas cidades de São Paulo, Araraquara (SP) e Ribeirão Preto (SP), por meio de perícia que rastreou os sinais da invasão aos telefones. Dados do aparelho de Deltan foram capturados, mas não se sabe se por ação desses hackers.

Até a conclusão desta edição, os policiais ainda não haviam conseguido estabelecer com exatidão se o grupo investigado em São Paulo tem alguma ligação com o vazamento de mensagens privadas dos procuradores da Lava Jato obtido pelo site The Intercept Brasil.

O diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, informou ontem ao Supremo Tribunal Federal que não há nenhum inquérito em curso para apurar a conduta de Glenn Greenwald, editor do Intercept. O jornalista afirma que obteve o material de uma fonte anônima. Poder A4

Anvisa adota novo critério e reclassifica agrotóxicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou ontem novo marco regulatório para avaliação dos riscos à saúde vinculados a agrotóxicos. Defensivos hoje classificados como “extremamente tóxicos” podem passar a categorias mais brandas. Pesquisa Datafolha mostra que 78% dos brasileiros consideram inseguro consumir alimentos que contenham agrotóxicos. Ambiente B6

 

MEC propõe financiamento de pesquisa como cultura

O Ministério da Educação quer que pesquisas e programas de extensão de universidades federais se-j am considerados atividade cultural e possam ser financiados via Lei Rouanet.

A medida está na minuta de projeto de lei para implementação do Future-se. O texto mostra que o papel das organizações sociais (OSs) e da Rouanet no programa é maior do que o anunciado, Cotidiano B1

 

Dodge recorre de decisão de Toffoli a favor de Flávio Poder A8

Guedes agora diz que FGTS vai ter liberação anual

O governo decidiu que a medida de flexibilização de saque do FGTS possibilitará sacar anualmente de contas ativas e inativas. A permissão será recorrente, segundo o ministro Paulo Guedes. O valor, que na semana passada chegou a 35%, deve ser limitado a R$ 500. Mercado A16

 

Editoriais A2

Verdades encobertas

Acerca de reação de Bolsonaro a dados do desmate.



De novo o ebola

Sobre emergência internacional declaradapela OMS.

 

------------------------------------------------------------------------------------

Deixe seu Comentário