Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Agosto de 2019

Saúde

Com melhorias no setor da odontologia, presídio garante maior assistência a detentas

Governo do Mato Grosso do Sul
Foto: Famasul Tratamento odontológico

Para aprimorar o atendimento odontológico oferecido às reeducandas do Estabelecimento Penal Feminino de Três Lagoas, foram adquiridos novos equipamentos como um gabinete odontológico completo e um aparelho de raio-x. Em média, 35 internas recebem atendimento odontológico todos os meses dentro do presídio, com a realização de 70 procedimentos mensais.

Com espaço específico e mais equipado para consultas médicas e odontológicas, além da realização de exames de raio-x ortodônticos, o número de escoltas também foi reduzido, possibilitando mais eficácia nos atendimentos e maior segurança na unidade penal.

A iniciativa foi realizada pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), por meio da direção do presídio, em parceria com o Conselho da Comunidade de Três Lagoas e Poder Judiciário, representado pelo juiz corregedor Rodrigo Pedrini.

Segundo a diretora, Leonice Miranda Rocha Guarini, o setor odontológico da unidade contava com uma cadeira muito antiga, que inclusive não encontrava mais peça de reposição. “Toda a aquisição veio otimizar um atendimento que já era prestado, porém agora de forma mais humanizada e eficiente. O aparelho de raio-x possibilita ainda mais segurança ao profissional de odontologia para poder realizar o tratamento com um diagnóstico preciso e imediato”, destacou.

Ao todo, foram investidos pouco mais de R$ 6,9 mil, para aquisição dos equipamentos e acessórios como avental de chumbo, caixa reveladora de raio-x, além das instalações técnicas necessárias.

Texto: Tatyane Santinoni – Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen)

Deixe seu Comentário