Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 17 de Setembro de 2019

Nacional

COAF vê movimentações atípicas de R$ 2,5 mi de David Miranda, marido de Verdevaldo

Liga Patriótica
Foto: Divulgação / Assessoria postedjpg.jpg

Relatório do antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) enviado ao Ministério Público do Rio de Janeiro aponta que o deputado federal David Miranda (PSol-RJ) fez “movimentações atípicas” no valor de R$ 2,5 milhões na conta bancária entre 2 de abril de 2018 e 28 de março de 2019.
O documento foi enviado dois dias depois de o The Intercept Brasil começar a divulgar supostas mensagens trocadas entre procuradores da Lava Jato, como Deltan Dallagnol, e o ex-juiz federal Sergio Moro.
Os diálogos sustentam uma série de reportagens que ficou conhecida como Vaza Jato. David Miranda é casado com o jornalista Glenn Greenwald, diretor do site.
A partir do documento, o MP do Rio abriu uma investigação para apurar as movimentações feitas por Miranda. A 16ª Vara de Fazenda Pública do Rio de Janeiro barrou, nessa terça-feira (10/09/2019), a tentativa do órgão de quebrar o sigilo fiscal e bancário do deputado.

Deixe seu Comentário