Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 24 de Junho de 2019

Cultura e Lazer

Cine Sesc exibe drama peruano na Capital e em Corumbá longas brasileiros e mostra com filmes coreanos

Sesc MS
Foto: Sesc MS Drama peruano “A passageira” (2015), dirigido por Salvador Del Solar

As sessões do Cine Sesc desta semana trazem produção peruana para o Sesc Cultura, na Capital e em Corumbá duas películas nacionais, além da mostra Hong Sang-Soo, com produções do diretor sul coreano. As exibições são gratuitas.

Nos dias 20 e 22 o Cine Sesc exibe o drama peruano “A passageira” (2015), dirigido por Salvador Del Solar. Em Lima, a rotina de um motorista de táxi, que é ex soldado do exército em busca de redenção, vira de cabeça pra baixo quando uma mulher de seu passado sombrio, entra, subitamente, em seu carro e participa de um arriscado plano para ajudá-la a superar seus graves problemas financeiros.

Corumbá – Dia 19 às 19h e dia 23 às 15h o Sesc Corumbá abre as portas para mais um Cine Sesc com o filme “Pendular”. Em um galpão abandonado, um casal de artistas observa a arte, a performance e sua intimidade se misturarem. Vão, aos poucos, perdendo a capacidade de distinguir o que faz parte dos seus projetos artísticos e o que é a relação amorosa, criando até mesmo um conflito com seu passado.

Quarta-feira, 20, às 19 horas, tem sessão Brasil na Tela, com exibição de  “Viajo porque preciso, volto porque te amo”, de Karim Anouz e Marcelo Gomes. José Renato (Irandhir Santos) tem 35 anos, é geólogo e foi enviado para realizar uma pesquisa, onde terá que atravessar todo o sertão nordestino. Sua missão é avaliar o possível percurso de um canal que será feito, desviando as águas do único rio caudaloso da região. À medida que a viagem ocorre ele percebe que possui muitas coisas em comum com os lugares por onde passa. Desde o vazio à sensação de abandono, até o isolamento, o que torna a viagem cada vez mais difícil.

Mostra – De 21 a 30 de março (sempre de quinta a sábado) o Sesc Corumbá realiza a Mostra Hong Sang-Soo com seis filmes do aclamado diretor sul coreano que dá nome à mostra e que tem por perfil o jogo narrativo reconfigurando a banalidade do cotidiano.

Nesta semana, serão as seguintes exibições:

21/03 –19h30 – Com classificação de 14 anos, o filme “Hahaha” mostra a viagem do diretor de cinema Jo Moon-Kyeong a uma pequena cidade costeira de Tongyeong, na Coreia do Sul. Lá ele encontra um amigo, o crítico de cinema Jong-sik Bang, e os dois se sentam para conversar e tomar algo. Durante a conversa, eles falam sobre uma viagem que fizeram para o mesmo lugar, e acabam por descobrir que conheceram as mesmas pessoas: um poeta e guia cultural e uma encantadora mulher. Elenco: Kim Sang-kyung, Sori Moon, Yu Junsang

22/03 – 19h30 – Também com classificação de 14 anos, o filme “A Câmera de Claire” trata da demissão de Jeon Manhee (Kim Min-hee) durante uma viagem a trabalho ao Festival de Cannes, que fica sem saber o motivo de ter perdido o emprego. Ao mesmo tempo, Claire (Isabelle Huppert), uma professora que sonha em trabalhar como poeta, sai pelas ruas tirando fotos em sua câmera Polaroid. Essas duas mulheres se conhecem e tornam-se amigas. Por acaso, as imagens de Claire ajudam Jeon a compreender melhor o momento pelo qual está passando. O filme foi feito em 2017 na França, Inglaterra e Coreia.

23/03 – 19h30 – No filme “A visitante francesa”, Anne (Isabelle Huppert) é uma mulher francesa que está em uma pequena cidade na Coreia do Sul, onde visita um amigo que está prestes a ter um filho e trabalha como diretor. Lá, ao ir até uma praia, conhece um empolgado salva-vidas (Yu Jun-sang), que tenta conquistá-la. Pouco tempo depois outras duas mulheres francesas, ambas chamadas Anne, chegam ao local e lidam com os mesmos personagens. A classificação é 12 anos.

Serviço – O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. O Sesc Corumbá fica na rua 13 de junho, 1703 – Centro. Informações pelo telefone (67) 3232-3130. Acompanhe a programação do Sesc no site sesc.ms

Deixe seu Comentário