Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 15 de Outubro de 2019

Saúde

Cerveja tem os mesmos benefícios para o coração que o vinho, diz estudo

Veja
Foto: Divulgação / Assessoria vinho20e20cervejajpg.jpg

Ao fim de um dia cansativo de trabalho, muitas pessoas saem com os colegas de trabalho para curtir um happy hour com alguns copinhos de cerveja para ajudar a relaxar. Outros optam por vinho pela fama trazer algum benefício à saúde. Muitos estudos dizem que o consumo moderado de bebida alcoólica pode trazer benefícios à saúde, incluindo na redução de riscos cardíacos. Pensando na saúde, outra dúvida surge: vinho ou cerveja, qual é o mais saudável?
 
Segundo especialistas, cerveja é tão saudável quanto o vinho – se consumida de forma moderada. Ou seja, até um copo (ou taça) por dia para as mulheres e dois para os homens. A diferença dos benefícios está no tipo de bebida: o vinho tinto é melhor do que o vinho branco. Já a cerveja artesanal é mais benéfica do que a tradicional.
 
E quais são as vantagens de cada uma delas? A ciência explica.
Vinho

A fama do vinho como uma bebida saudável vem de muito longe. Na década de 1980, pesquisadores notaram que os franceses mantinham uma dieta mais rica em gordura saturada e colesterol e, ainda assim, tinham taxas mais baixas de doenças cardíacas e morte prematura do que o esperado para pessoas com dietas gordurosas.

Ao investigar a alimentação, os cientistas chegaram a uma conclusão: o vinho era o fator de proteção. Uma das primeiras pesquisas a trazer a confirmação foi publicada em 1992. Segundo a equipe que investigou, o consumo de vinho e outros tipos de álcool poderia prevenir ou reduzir bloqueios nas artérias. Alguns anos depois, outro estudo descobriu que beber vinho reduzia o risco de mortalidade.

Deixe seu Comentário