Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 18 de Julho de 2019

Espiritualidade e religião

Cantor gospel alfineta padroeira do Brasil na Marcha Para Jesus

O Povo Online
Foto: Divulgação / Assessoria marcha20de20jesusjpg.jpg

Fernandinho, uma das principais  atrações  da Marcha para Jesus, usou o microfone para alfinetar os brasileiros que tem Nossa Senhora Aparecida como padroeira: “O Brasil não tem uma senhora, o Brasil tem um senhor, e o nome dele é Jesus” [vídeo], disse o artista em meio a gritos do público nesta tarde de quinta-feira, em São Paulo.
Propagando o ranço de muitos protestantes aos católicos, o cantor acabou por tirar o brilho do evento que se diz em louvor a Jesus. É da fé de milhões de brasileiros a devoção e o respeito à Mãe do Senhor. O “recado” de Fernandinho foi dos assuntos mais comentados pelos sites ao se referirem à Marcha Para Jesus, evento criado no Brasil pelos autodeclarados Apóstolo Hernandes e Bispa Sônia.
Fernandinho é um dos mais prestigiados artistas do mundo gospel, também um dos mais exigentes. Em 2017, o Secretário de Cultura de Pedreira, no Maranhão, publicou o diálogo com a produção do artista que se recusou liberar a banda se deslocar em  um ônibus semileito, deveria ser leito.
Por sua vez, Fernandinho não poderia ir neste ônibus. Do aeroporto – sem passar pelo saguão- deveria ser conduzido em um carro estilo  sw4 com dois motoristas fardados à frente. À época, o acesso de “estrelismo” foi noticiado pelo site O Fuxico Gospel. Até  o momento não se sabe quais foram as exigências do cantor para o evento do casal Hernandes.
Vanderlúcio Souza
 

Deixe seu Comentário