Campo Grande/MS, 16 de Agosto de 2018

Campo Grande

Buracos, escuridão e ausência de sinalização são comuns nas sete regiões urbanas da Capital

Redação TerereNews
Foto:

Ruas esburacadas, lâmpadas queimadas e falta de sinalização são os três problemas mais recorrentes nos bairros da Capital, nas sete regiões urbanas de Campo Grande. Ação de mandato do vereador William Maksoud (PMN) demandou esta semana uma grande quantidade de solicitações de serviços públicos. 

Direcionados para as sete regiões urbanas da Capital, o parlamentar e sua equipe percorreram oito grandes bairros, coletando as necessidades da população para encaminhar ao Poder Executivo.

“Essa é uma prática recorrente do nosso gabinete. Na Câmara temos as sessões ordinárias, participativas e solenes, mas a parte mais corriqueira do nosso trabalho é nos bairros. Lá que as pessoas vivem e sentem em suas realidades o que é preciso fazer de mais emergencial”, comenta o vereador William Maksoud.

Na Região do Lagoa, bairro Coophavilla, por exemplo, o canal #FaleComMaksoud coletou centenas de indicações sobre iluminação pública, tapa-buracos e sinalização. “São pequenos serviços, reparos que o vereador precisa mapear para as secretarias municipais. Isso faz uma grande diferença no cotidiano das pessoas”, explica o parlamentar.

Na Vila Sobrinho, Região do Segredo, grande parte da rede elétrica é sustentada por postes de madeira. Alguns já desgastados pela ação do tempo. “Tem poste aqui que está deitando. Não comportam mais o volume de ligações que sustentam”, conta o morador José Antonio Domingues.

Bairro mais populoso de Campo Grande, o Aero Rancho – Região do Anhanduizinho – ainda tem setores sem pavimentação e drenagem de águas pluviais, o que gera constantes pedidos de patrolamento e cascalhamento, por exemplo.

Bairros como Moreninhas e Universitário (Região do Bandeira), Vila Carvalho e Cabreúva (Região do Centro) e Mata do Jacinto (Região do Prosa) também registram os mesmos problemas, segundo o parlamentar.

O #FaleComMaksoud funciona como um gabinete itinerante, com servidores que percorrem diferentes bairros diariamente e uma mobilização de todo efetivo do parlamentar semanalmente.

Além disso, o canal também disponibiliza um número de telefone equipado com aplicativo de mensagens (99988-7001) para o qual a população também pode enviar suas demandas e/ou falar diretamente com o vereador.

PPA/LOA – A cada legislatura, os vereadores de Campo Grande têm a incumbência de elaborar o Plano Plurianual (PPA), um documento que estipula ações e projetos para serem executados pelos próximos quatro anos (2018 a 2021). A peça prevê investimento de R$ 16,7 bilhões neste período, dos quais R$ 3,7 bilhões serão executados em 2018 e o restante até 2021.

“É nessas peças orçamentárias que nós sinalizamos para o Executivo as ações necessárias que são mais complexas”, reforça Maksoud. A Câmara Municipal de Campo Grande aprovou este ano o documento com 321 emendas dos vereadores.

Entre as emendas do vereador William Maksoud estão, por exemplo, a construção de uma praça no Jardim Antártica e no Coophavilla II, pavimentação e drenagem no Jardim Tarumã e reforma das escolas municipais Professor Arassuay Gomes de Castro e Hércules Maymone  (Nova Lima).

Temas, como a construção de terminais de ônibus e pavimentação e drenagem em outros bairros já haviam sido incluídos no atual PPA.

 

 

Lucas Junot 

Assessoria de Imprensa do Vereador

Fonte: Câmara Municipal de Campo Grande/MS

Deixe seu Comentário