Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 24 de Agosto de 2019

Economia e Negócios

Banco Inter chega a R$ 16 bi de valor de mercado, cerca de 5% do Itaú, diz Estadão

Investing.com
Foto: Divulgação / Assessoria bancojpg.jpg

O Banco Inter (SA:BIDI11) tem sido uma das ações de maior sucesso na bolsa no último ano, acumulando uma valorização de 540% no período nos papéis preferenciais. Com isso, o banco digital tem atualmente um valor de mercado estimado em R$ 16 bilhões na bolsa, representando 5% do valor do Itaú Unibanco (SA:ITUB4), 6% do Bradesco (SA:BBDC4), 10% do Santander (SA:SANB11) e 12% do Banco do Brasil (SA:BBAS3). As informações são da edição desta quinta-feira da Coluna do Broad do jornal O Estado de S.Paulo.
O Inter estreou na bolsa há pouco mais de um ano e meio, fazendo com que instituição fique a frente de gigantes tradicionais da bolsa, como é o caso da Embraer (SA:EMBR3). Apesar disso, o banco ainda tem um valor de mercado inferior à metade Nubank, que em sua última captação chegou a R$ 40 bilhões.
Mesmo assim, a publicação destaca que o banco da família Menin tem hoje valor de mercado R$ 7 bilhões maior do que a da MRV Engenharia (SA:MRVE3), maior construtora do país e também de propriedade dos Menin.
A coluna destaca ainda os esforços que o Inter tem feito para crescer ainda mais, por meio de investimentos em tecnologia e estratégia, dando destaque para a chegada do gigante japonês Softbank como sócio.
Uma das apostas do Inter é o lançamento em setembro do chamado “superapp”, que vai colocar à disposição de seus clientes o acesso à serviços não financeiros em segmentos como mobilidade, turismo e entretenimento.

Deixe seu Comentário