Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 22 de Outubro de 2019

Variedades

Avaliação: Fiat Cronos HGT 1.8 AT une conforto de sedã com visual esportivo

Edison Ragassi
Foto: Divulgação / Assessoria httpariquemesonlinecombrimg371761gavaliacaojpg.jpg

Motor potente, câmbio com relações de marchas curtas, suspensões duras, rodas grandes e pneus de perfil baixo são algumas características dos carros esportivos. Um modelo com este tipo de configuração, para o motorista que transporta a mulher no banco ao lado e o filho na cadeirinha colocada no assento traseiro, é desconfortável, principalmente nas vias com asfalto ruim.
Mas a cor chamativa, as faixas escuras, o acabamento interno escurecido, costuras de outra cor, também comum nos esportivos, não incomodam, pelo contrário, faz com que o carro se destaque perante os demais. Esta foi a lógica da Fiat ao desenvolver a versão HGT para o sedã compacto premium Cronos e deixa-lo “esportivado”.
Diferente do Argo HGT, o qual no lançamento recebeu câmbio manual com relações mais curtas (esta opção de câmbio também já foi descontinuada), o sedã manteve a calibração da versão Precision e só é oferecido com o câmbio automático de seis marchas da japonesa Aisin. Ele tem um sistema que desacopla o câmbio do motor, quando o carro para em semáforo, por exemplo, isso auxilia para obter melhor eficiência e a economizar combustível. O motor é o E.torQ com potência de 135 cv (G)/ 139 cv (E) e torque máximo de 18,8 kgfm (G)/ 19,3 kgfm (E).
Com preço sugerido de R$ 78.490, o sedã tem o comprimento de 4.364 mm e distância entre-eixos de 2.521 mm. Sua largura é de 1.726 mm e a altura de 1.516 mm.
A esportividade fica por conta dos detalhes visuais. No exterior, tem spoiler e retrovisores em preto, grade frontal escurecida, maçanetas na cor do veículo e logos Fiat escurecidos, as rodas são de 17 polegadas e os pneus 195/55.
No interior o quadro de instrumentos é de 7’’, tem ar-condicionado digital, revestimento em tecido especial HGT, teto e detalhes internos em preto, tapetes e logos escurecidos no volante e na chave. A central multimídia tem tela tátil de 7’’ com Android Auto e Apple CarPlay, Bluetooth, entrada USB e reconhecimento de voz.
Entre os opcionais figuram o teto externo na cor preta, bancos de couro, câmera de ré, airbags laterais e o Kit Tech 2, composto por sensor presencial, retrovisor com rebatimento elétrico e luz de conforto, sensores de chuva e crepuscular e retrovisor eletrocrômico. Para incluir este pacote o custo é de R$ 7.200, e o preço final chega a R$ 86.490.
A dirigibilidade foi mantida, mesmo com o câmbio automático oferece bom arranque, inclusive para a condução mais esportiva, tem opção de trocas manuais sequencias na alavanca ou nas borboletas atrás do volante.
A direção com assistência elétrica progressiva passa a impressão de ser muito leve, porém, ao ser exigida em uma curva acentuada, cumpre seu papel, oferece a firmeza necessária para não causar sustos. Abastecido com etanol, o consumo é 7,0 km/l na cidade e 9,6 km/l na rodovia com média PECO 8,2 km/l.
O Cronos HGT está direcionado para o comprador que tem filhos, precisa de um carro com porta-malas grande (525 litros), mas não abre mão do conforto e de se diferenciar dos demais.

Deixe seu Comentário