Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 20 de Julho de 2019

Campo Grande

Audiência debate a necessidade da inserção do biomédico no quadro de servidores da Prefeitura

Redação TerereNews
Foto:

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande realizaram nesta segunda-feira (20), Audiência Pública para discutir a inserção do profissional biomédico no quadro de servidores da Prefeitura Municipal de Campo Grande.

De acordo com Regiane de Brito Moreira, representante do Conselho Regional de Biomedicina de Mato Grosso do Sul, é fundamental para saúde pública o profissional ser inserido no quadro de servidores da Prefeitura. "Não teria data melhor para o debate, justamente hoje no Dia do Biomédico, hoje é um dia especial para toda classe. Queremos nosso espaço, a profissão existe há 51 anos no Brasil e há 17 anos aqui no Estado de Mato Grosso do Sul. É muito importante que o biomédico seja inserido no quadro de servidores públicos para melhorar a qualidade da saúde. Espero que as autoridades nos ouçam e sejamos incluídos no plano de cargos e carreira da Prefeitura. O ganho do serviço público é imensurável, hoje completamos 32 anos de regulamentação da nossa profissão, iniciamos nossa caminhada em prol da saúde pública, dia histórico, colocamos nossa classe à disposição dos serviços da Prefeitura”, defendeu.

A professora do curso de Biomedicina da Unigran Capital, Suelen Rolon de Souza Silva afirmou: "Há 10 anos atuamos no Estado, é complicado quando se trata dos concursos, estamos aqui representando vocês e o curso em geral, tentando abrir o caminho para vocês”, disse.

De acordo com a coordenadora do curso de Biomedicina da Universidade Católica Dom Bosco, Luana Silva Soares, é necessário ter mais um campo para atuação do biomédico, "Aos poucos o biomédico vem conquistando seu espaço. Aqui no Estado temos quatro universidades formando novos biomédicos, isso só reforça a necessidade de ter mais um campo de atuação para os biomédicos, é muito válida a discussão”, destacou.

Já a professora do curso de Biomedicina da Unigran Capital, Cintia Hernandes ressaltou a luta constante do profissional de biomedicina para o seu reconhecimento, "Com uma imensa alegria que compartilho a data de hoje, o Dia do Biomédico, nossa luta pelo reconhecimento, é uma luta constante. Queremos que o Estado de Mato Grosso do Sul nos aceite e nos reconheça”, enalteceu.

O acadêmico de Biomedicina, Carlos Alberto Rezende, destacou também em seu discurso a luta pela consolidação da profissão. "Hoje é o Dia do Biomédico, é o nosso dia. É uma profissão que escolhi, participei de muitas lutas e hoje é mais uma luta para consolidar essa profissão, para a ocupação do espaço que é de direito, ocupando um espaço profissional, não é fácil, é uma luta difícil, nossa luta é árdua”, contou.

"Parabenizo por essa luta. É fundamental para a saúde pública a profissão ser inserida no quadro de serviço público, contem com o meu apoio”, parabenizou vereador Betinho.

Conforme explicou a diretora da Escola de Governo, Diná Guimarães de Campos, que na ocasião estava representando a Secretaria Municipal de Gestão, para abrir vagas para concurso na Prefeitura deve ser apresentado a necessidade da inserção desse profissional. "Entendo a luta de vocês, esse empenho para a criação desse novo cargo. A Secretaria Municipal de Gestão cria o cargo diante da necessidade, a Secretaria Municipal de Saúde tem que apresentar a necessidade desse novo cargo para que possamos abrir vagas para o concurso. Estamos abertos para entender a importância desse profissional no quadro da Prefeitura, hoje vocês estão dando um primeiro passo”, avaliou.

Para a professora do curso de Biomedicina da Uniderp, Mariana de Oliveira Mauro, "Hoje é um dia emblemático, fico feliz de ter a palavra, apesar da nossa profissão ser caçula, somos um caçula que tem competência, que tem possibilidade de crescimento e de auxiliar no crescimento de Campo Grande. O biomédico pode fazer a diferença na saúde pública. Espero que a nossa voz seja ouvida e possamos fazer parte da saúde pública da cidade”, enfatizou.

O proponente da Audiência Pública, vereador Fritz, salientou a importância dessa atividade no serviço público. "O biomédico é um profissional que tem uma ampla gama de atuação dentro do serviço público. Conversei com o prefeito e ele sinalizou de uma forma mais clara a importância da profissão dos biomédicos, temos um projeto na Casa, faltou essa ampla divulgação e discussão, a gestão não tinha muito conhecimento, essa defesa me fez abraçar a luta de vocês. Vou agendar uma reunião com o secretário Municipal de Saúde, já temos uma sinalização da Secretaria de Gestão para inclusão da profissão no concurso, já temos a sinalização política do prefeito em estar atendendo as necessidades da classe, precisamos fechar com a Secretaria de Saúde as necessidades da inserção desse profissional no serviço público, quais os pontos de atuação e números de vagas para concurso. Vamos trabalhar para que no próximo concurso os biomédicos já estejam inseridos”, finalizou.

A Audiência foi convocada pela Comissão Permanente de Saúde, composta pelos vereadores Dr. Loester (presidente), Dr. Antonio Cruz (vice), Dr. Livio, Fritz e Enfermeira Cida.

Dayane Parron

Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal

Fonte: Câmara Municipal de Campo Grande/MS

Deixe seu Comentário