Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 17 de Setembro de 2019

Cultura e Lazer

Arte no Meu Bairro prevê apresentações de reggae e rock Artistas

Prefeitura Municipal de Campo Grande / MS
Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande Arte no Meu Bairro


Na rua desde o dia 3 de agosto, o projeto “Arte no Meu Bairro – Palco Itinerante”, amplia os estilos musicais para além do sertanejo, baileiro, samba e pagode. Artistas da bossa nova, MPB, blues, jazz, hip hop, rap, forró, rock e pop rock, música regional, funk, gospel e reggae também podem se inscrever para apresentação nas seis regiões de Campo Grande e nos Distritos Indubrasil, Anhanduí e Rochedinho.

Os interessados têm até esta sexta-feira (6) para entregarem os documentos na DICOM, localizada na avenida Afonso Pena, 3.297, Paço Municipal. O horário para entrega é das 7h30 às 11h e das 13h às 17h30. Nos meses seguintes, a data de recebimento dos envelopes é sempre na primeira terça-feira do mês, às 14h.

A ampliação foi possível após um abaixo assinado organizado pelos músicos, junto à Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), para alteração do Convênio que deu origem ao projeto, o SICONV nº 85.3266/2017 do Ministério da Cidadania, regido pelo Decreto nº 6.170/2007 e pelo art. 8º da Portaria Interministerial nº 424/2016.  É possível conferir o Adendo a respeito dos novos estilos musicais no Diário Oficial de Campo Grande publicado no dia 22 de agosto de 2019.

A secretária municipal de Cultura e Turismo, Melissa Tamaciro, discorre a respeito da importância de dar espaço à estilos diversos. “Nossa cidade é palco e berço para artistas de sucesso e com capacidade para ganhar o mundo, tanto é que temos exemplos vivos dessa pluralidade musical, como Marina Peralta, Munhoz e Mariano, Almir Sater, Gabriel Sater, Tetê Espíndola, entre tantos outros. Por isso é importante permitir que as pessoas que vivem longe do Centro tenham acesso a todos estes talentos”, pontua.

Devem se credenciar 58 artistas entre músicos, bandas e duplas locais, divididos nas modalidades “show de abertura” e “show principal”. O cachê para músicos locais é de R$ 2 mil, e para músicos de renome regional R$ 4 mil.

Os shows estão sendo realizados desde agosto de 2019 e seguem até março de 2020, sendo que a programação conta com três músicos por evento: dois músicos locais de cada região e distrito do município e um artista com renome regional. Para participar é preciso preencher os anexos disponibilizados pelo endereço eletrônico: http://www.campogrande.ms.gov.br/sectur/downloads/edital-arte-no-meu-bairro-3/ .

Aos músicos e artistas que tenham dúvidas a respeito da documentação necessária a Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), se disponibiliza a auxiliar. A sede está localizada na Rua Usi Tomi, 567, Carandá Bosque.


Deixe seu Comentário