Campo Grande - Mato Grosso do Sul, 23 de Outubro de 2019

Nacional

Aos 27 anos, Ananda Beleza lança a obra MeUniverso

Correio Braziliense
Foto: Divulgação / Assessoria aos202720anosjfif.jpg

“O bom de escrever é nem sempre falar por si. É poder ser personagem, roteirista, narrador ou observador. É colocar em palavras impressões, cenas e construções. É experimentar a vida alheia e manter a mente cheia”. Esse é o depoimento que abre o livro MeUniverso, de Ananda Beleza, 27. Ela compartilha por meio das palavras, em 80 crônicas, um pouco sobre o seu próprio universo.
A autora, que atualmente é estudante de psicologia, escrevia crônicas há muito tempo. A mais antiga do livro é de 2016. “Eu tenho costume de escrever e tinha muitos textos guardados. Alguns, publicava no instagram, para os meus amigos e para a minha família, outros eu guardava. No meio do ano passado,  percebi que só na internet os meus textos não alcançavam muita gente, os textos não alcançavam nem o meu pai, que não tem instagram. Então, senti a necessidade de publicar, tê-lo em  livro mesmo, já que gosto muito de livros”, afirma.
Apesar de começar com uma crônica intitulada De portas abertas, o livro não segue uma ordem lógica ou cronológica de publicações. Ananda diz que a escolha por não ter uma regra é para deixar a leitura mais dinâmica. “Eu quis que o livro tivesse uma leitura dinâmica, que não fosse cansativa de ler. Quis deixar as crônicas de um jeito livre. Em qualquer página que o leitor abrir, vai poder ler a crônica”, diz.
Inspirada por Fabrício Carpinejar, Martha Medeiros e Tati Bernardi, a autora retrata, nas crônicas, seu passado, presente e futuro. “Esse livro fala muito de experiências minhas ao longo da vida. Falo da minha infância, falo do meu momento presente, falo muito do futuro também. Acho que alguns temas que vou levar sempre comigo no futuro”, conta. Outros autores que inspiraram Ananda foram Gabriel García Márquez, Augusto Cury e Paulo Coelho.
Na lista das crônicas favoritas do livro, Ananda destaca Completa e apaixonada e Recicle-se. A primeira fala sobre amor próprio. A escritora conta que o curso de psicologia a influenciou muito no livro, pois está mais ativa na busca do autoconhecimento, desde então. Já na segunda, ela fala sobre um catador de lixo com uma carroça, e traz uma analogia com os relacionamentos humanos por meio do texto.
Até agora, Ananda Beleza não tem nenhuma outra obra sendo produzida. Entretanto, ela afirma que tem vontade de fazer uma obra com tema mais infantil, como um livro de fábulas.
Somente no lançamento da obra, a escritora vendeu metade dos exemplares. “O lançamento superou bastante as minhas expectativas. A ideia agora é vender no boca a boca, sem pressa”, revela. Além do site, os livros estão sendo vendidos na Banca da Conceição, na 308 sul, e na sede da editora, que fica no Complexo Brasil 21.
MeUniverso
Ananda Beleza. Editora Meia Um. 190 páginas. R$ 50. https://editora.whd.com.br/meuniverso/
Nicole Mattiello*

Deixe seu Comentário